Diminua o colesterol e emagreça bebendo Chá de Maçã com Canela

Os chás surgiram na China, lá por volta de 2.700 a.C. Porém, dificilmente quando falamos em chás, as pessoas logo remetem ao “chazinho das cinco” lá da Inglaterra .

Desde que a princesa Catarina Bragança de Portugal visitou a Inglaterra para seu casamento com o príncipe Charles II.

Segundo a história, dizem que ela estava resfriada e solicitou uma bebida quente, as empregadas lhe serviram um chá com ervas e após isso a bebida ficou extremamente famosa.

Já aqui no Brasil nossa cultura é um tanto que diferente, costumamos utilizar os chás para obter suas propriedades fitoterápicas, ou até mesmo durante o inverno.

Pois é, são nos dias mais dias frios de inverno que os chás passam a ser uma excelente opção para aquecer o corpo.

E para aqueles que não curtem muito o chá bem quentinho, ainda existem opções de chás gelados para serem ingeridos em dias quentes.

 

Estes chás, costumam ser bastante saborosos e de quebra são relaxantes. E não é apenas isso, não sei se todos sabem, mas os chás possuem propriedades medicinais, e podem contribuir de forma significativa em uma melhor qualidade de vida.

Existem muitas opções, porém existe um que é muito apreciado, que é o chá de maçã com canela. Além desse chá ser muito saboroso, ainda poderá lhe trazer inúmeros benefícios para a saúde, podendo facilitar o processo digestivo e acelerar o metabolismo e que também pode ser utilizado junto com banho de rosas vermelhas 

Agora lhe convido a continuar essa leitura e aprender informações preciosas sobre o chá de maçã e canela.

Propriedades:

  • A maçã possui as mais diversas fontes terapêuticas, auxilia o processo digestivo, é depurativa do sangue, rica em fibras, ferro e é antioxidante.
  • Já a canela é um ótimo agente anti-inflamatório, antibacteriana, expectorante, anti alérgico, além de melhorar a circulação e a digestão.

Benefícios do chá:

 

  • A casca da maçã auxilia no emagrecimento. Ela possui uma substância chamada pectina que reduz a absorção de gorduras pelo corpo;
  • Ela ajuda a controlar o colesterol;
  • Por ser uma rica fonte de fibras, ela possui efeito laxativo e ajuda na digestão;
  • Ela possui ácido ursólico, que controla o nível de açúcar no sangue e também ajuda a reduzir o nível de gordura;
  • Essa suculência toda contém bastante potássio, o que ajuda a eliminar o sódio que circula excessivamente em nosso organismo e ajuda a eliminar os líquidos retidos.

Ele emagrece?

Sim, o chá ajuda a emagrecer, funcionando muito bem como antioxidante, reduz inchaços e dificulta a absorção de gorduras pelo organismo.

É ideal para diabéticos e para pessoas que têm o colesterol alto, pois estimula a produção de insulina a melhora todo o processo sanguíneo.

Como preparar?

 

  1. Numa panela, coloque meio litro de água, dois unidades de canela e a casca de quatro maçãs vermelhas. Lembre-se de lavar bem as cascas, para retirada de toda sujeira.
  2. Com todos os ingredientes juntos, leve ao fogo e deixe ferver por cerca de cinco a dez minutos.
  3. Então, retire do fogo, coe e beba.
  4. Pode ser consumido ainda quente ou, se preferir, espere esfriar.
  5. Se quiser, adicione um pouco de mel.
  6. A indicação para quem quer perder peso é tomar três xícaras desse chá ao dia.

Contraindicações e efeitos colaterais:

O chá de canela pode provocar hemorragias e abortos. Por isso, mulheres grávidas não devem tomar o chá. A dica é certificar-se com absoluta certeza que não há possibilidade de gravidez antes de tomar este chá.

O chá de canela também deve ser evitado por pessoas com insônia, ou muito ansiosas, pois esta especiaria tem propriedades estimulantes, que podem deixar a pessoa mais agitada, dificultando o sono.

O chá deve ser evitado principalmente à noite.

Conclusão:

Viu como é fácil ter uma vida mais saudável? Ainda por cima ingerindo uma bebida que pode ser adequada a seu gosto, que leva ingredientes baratos e fáceis de serem encontrados e que lhe trarão inúmeros benefícios.

Dicas para administrar o fluxo de caixa do seu pet shop

Para evitar prejuízos e controlar os gastos de sua empresa é preciso conhecer as dicas para administrar o fluxo de caixa do seu pet shop. Aqui neste artigo você encontra as principais informações para manter o seu negócio, além de melhorar a administração do mesmo.

Sabemos que toda a sua concentração e recursos são investidos na atração de clientes para o crescimento da sua empresa.

Porém, gerenciar uma empresa no segmento de serviços para animais, a qual está em um dos mercados mais concorridos do mundo, vai além do desenvolvimento e da venda de uma boa ideia de negócio. Portanto, aqui mencionaremos 3 dicas para administração do fluxo de caixa do seu pet shop.

Todas as empresas devem ser rentáveis ​​e, para isso, as finanças internas devem estar em ordem. No entanto, muitas empresas ficam aquém dos seus fluxos de caixa, caindo para zero ou negativo.

3 Dicas para administração do fluxo de caixa do seu pet shop

Uma ótima dica é obter um software para pet shop, que nada mais é que um sistema de interface simples que auxilia na administração de empresas, em que o proprietário e pessoas permitidas por ele podem conferir os relatórios financeiros, estoque de produtos, agendamento de consultas, entre outros.

Se você se identificar com esse problema, observe estas três dicas básicas que todo fluxo de caixa saudável deve considerar:

  1. Reduzir custos

Caso, seu caixa estiver sob pressão constante para cuidar dos custos operacionais diários, você deve ajudar a descompactar o máximo possível.

Isso significa que você deve reduzir custos, mas evite fazê-lo indiscriminadamente. Comece reduzindo despesas variáveis ​​e aplique melhorias em sua estrutura de custos, como atualizar seu preço de venda de acordo com as tendências do mercado e renegociar constantemente seus valores de matéria-prima.

  1. Aplicar pedido

O fluxo de caixa é o “sangue” da sua empresa. Qualquer coisa que bloqueie essa fluidez acabará prejudicando seus negócios. Portanto, certifique-se de implementar essas boas práticas para fazer seu pedido:

  • Permita que seus clientes paguem parcelado, para que o dinheiro sempre seja investido.

  • Oferece facilidades de pagamento além do cheque.

  • Incentive seus clientes a pagar com prêmios (desconto para pagamento imediato).

  • Crie uma reputação de bom pagador de suas próprias dívidas e contas a pagar.

  • Organize a contabilidade com a ajuda de uma planilha ou software de gerenciamento para pet shop.

  • Organize o pagamento de seus fornecedores em datas diferentes das contas a receber de seus clientes.

  1. Organizar pagamentos

Existem três princípios inalienáveis ​​que se aplicam às contas a receber pelo gerenciamento sólido do fluxo de caixa:

  • Saiba quanto eles lhe devem

  • Saiba quanto você deve

  • Saiba quando pagar

Equilibrar esses três princípios não é fácil, pois você cumpre uma função dupla: fornecedor e cliente. Uma solução é agendar antecipadamente seus pagamentos e a dívida de seus clientes.

Este exercício, ajudará você a saber exatamente qual é o seu ponto de equilíbrio; o momento em que sua renda totaliza suas despesas. Depois de ter esclarecido esse fator, você saberá em quais datas do mês você terá dinheiro para cumprir suas obrigações e quando novos recursos entrarão na caixa.

Dica extra: Tenha um plano B

Ter diferentes fontes de financiamento disponíveis para enfrentar contingências, como o endividamento excessivo, clientes que não desejam pagar ou são imponderáveis.

Aplique as seguintes alternativas simultaneamente para que você nunca fique sem fluxo:

  1. A reserva da reserva. Manter uma reserva, equivalente às despesas de um quarto, que é intocável, exceto em emergências.

  2. Créditos. Se sua empresa estiver financeiramente madura, você terá mais chances de obter um crédito ou uma linha de crédito em um banco ou instituição financeira regulamentada pela Comissão do Mercado Financeiro.

  3. Programas estaduais. Pesquise sobre os programas de benefícios estatais que apoiam a gestão das pequenas e médias empresas, com recursos ou conselhos.

Você não precisa ser um especialista financeiro para gerenciar adequadamente o fluxo de caixa da sua empresa. Mantenha suas receitas e despesas em ordem e adiante pagamentos e cobranças o máximo possível.

Lembre-se sempre de que o gerenciamento eficiente do fluxo de caixa é um sinal da maturidade da empresa aos olhos do mercado. No entanto, sua má administração pode levar seu negócio ao fracasso.

Vender consórcio para comprar um imóvel? Confira 6 erros comuns que você deve evitar

Pensando em vender seu consórcio para comprar sua primeira casa? Para muitos compradores iniciantes, o processo pode ser tão confuso quanto emocionante.

Estar ciente de algumas das armadilhas mais comuns ajuda as coisas a correrem o mais suavemente possível, para que você possa minimizar seu estresse e potencialmente economizar algum dinheiro ao longo do caminho.

Por este motivo, a Consórcio na Web separou alguns dos erros mais comuns que os compradores iniciantes cometem:

1.      Comprar mais do que você pode pagar

Pode parecer óbvio, mas comprar uma casa fora do seu orçamento da sua cota de consórcio é um dos erros mais comuns para os compradores iniciantes.

Seja você apegado a uma casa além da faixa de preço, ou seja, aprovado para um financiamento maior do que você pode pagar, ser realista sobre o orçamento existente e as despesas futuras ajudarão a evitar o remorso de qualquer comprador.

2.      Não planejando com antecedência

Quando se trata de comprar uma casa, seja com a venda de uma cota de consórcio ou não, o planejamento antecipado compensa.

Em vez de se apressar em uma compra, vale a pena reservar um tempo para planejar e organizar suas finanças.

Isso pode incluir a espera de um ano ou dois a mais para economizar um adiantamento maior ou dedicar um tempo para melhorar sua pontuação de crédito para que você possa acessar uma melhor taxa de juros. Ser paciente com o processo de compra de casa pode ajudá-lo a economizar dinheiro a longo prazo.

3.      Tomar decisões baseadas exclusivamente em emoção

Vender meu consórcio para comprar sua primeira casa é um dos maiores compromissos financeiros que você fará.

Portanto, é uma boa ideia pensar na compra de casa como uma decisão de negócios, não apenas pessoal.

Por mais tentador que seja escolher uma casa com base apenas em uma lista de desejos, você pode acabar comprando uma casa que não é um bom investimento ou fazer lances muito altos apenas para vencer a concorrência.

É importante que a casa em que você se instala não apenas o faça feliz, mas também seja uma boa decisão financeira.

4.      Drenando suas economias

Embora muitas vezes seja ideal oferecer um adiantamento maior, você não deve esvaziar suas contas de poupança para que isso aconteça. Usar fundos de emergência ou economias de aposentadoria que você reservou pode parecer uma boa ideia no momento, mas pode custar a longo prazo.

Em particular, como as novas casas podem exigir reparos ou reformas inesperadas, a falta de dinheiro pode colocá-lo em uma posição ruim.

5.      Comprar antes de solicitar um financiamento

Olhar para casas em potencial é muito mais divertido do que resolver suas finanças. É comum que os compradores iniciantes iniciem a visualização das propriedades antes mesmo de terem uma ideia do que podem pagar.

Embora isso possa ser tentador, você pode se decepcionar se uma casa que você ama não acabar na sua faixa de preço.

Para evitar surpresas desagradáveis, a coisa mais inteligente a fazer é ter uma ideia do que você pode pagar antes de começar a fazer compras.

6.      Ignorando despesas extras

A compra de uma casa é mais do que apenas o pagamento da mesma. Assim como você planeja e orça sua compra e venda de cota de consórcio, você também deve se preparar para quaisquer despesas adicionais em que possa incorrer durante o processo de compra ou depois de comprar sua casa.

Familiarize-se com os custos médios de serviços públicos onde você mora e, dependendo de sua propriedade, quaisquer taxas de manutenção, taxas de condomínio ou outros custos associados.

Especialmente para compradores iniciantes, vender meu consórcio para comprar uma casa pode ser um processo estressante e imprevisível.

Planejando com antecedência e instruindo-se sobre algumas práticas recomendadas, você pode ajudar a torná-la uma experiência mais suave e evitar gastar mais do que o necessário.

Como comercializar seu produto ou serviço na Internet?

Como gerente de negócios, seu desafio diário também é agir para promover seus negócios, especialmente na Internet.

Tenho certeza que você tem muitas perguntas sobre como chegar lá.

Para que sua empresa se desenvolva e prospere serenamente, saiba como obter mais visibilidade e mais tráfego em seu site, seja vendendo algum tipo de produto ou serviço, exemplo, venda de clareador dental ou prestação de serviços, talvez: venda de pacote de intercâmbio.

Na Inbounder Marketing temos um discurso muito coerente sobre o assunto. 

Não é fácil divulgar sua empresa na Web, além de se desdobrar para destacar-se de muitos concorrentes. Não é um milagre, apenas o nosso método comprovado em Inbound Marketing é capaz de alcançar esses resultados” – Inbounder Marketing

Excelente ideia !

Descubra de maneira clara e didática o método para divulgar sua empresa na Web.

Meu objetivo é primeiro gerar mais tráfego para seu website e otimizar suas conversões para conquistar mais clientes e, por fim, fornecer um livro de conhecimentos sobre o determinado assunto ou produto

Esse é o objetivo de todo comércio?

Com a rotatividade de novos visitantes e clientes, você pode reinvestir para obter ainda mais visibilidade, mais tráfego, mais clientes …

O segundo objetivo deste artigo é também economizar um tempo precioso em todos esses aspectos, orientando você passo a passo com esse método educativo de como alcançar novos resultados em seu negócio

Encontrar clientes com a Internet é inevitável!

Hoje em dia, todo mundo está na Internet e seus clientes também.

Os números provam isso!

  • Quase todo mundo tem um smartphone (65%),
  • 93% dos brasileiros usam o Google regularmente

Além disso, se sua atividade oferece seus produtos e / ou serviços a outras empresas

  • 95% das empresas têm um site,
  • 99% têm um PC conectado à Web com um endereço de e-mail que consultam todos os dias.

Obviamente, é sempre possível encontrar atividades que acontecem sem a Internet. Mas está se tornando cada vez mais raro!

Para se convencer, confira meu guia completo de Marketing Digital .

Marketing na Internet dá resultados reais, está comprovado!

Na Inbounder Marketing Digital, estamos convencidos há muito tempo queexpandir um negócio pela Internet não é apenas possível, mas também a solução ideal .

No passado, Inbounder desenvolveu todos os seus negócios aplicando estratégias de Marketing Digital, com resultados espetaculares de crescimento.

Seja no mapeamento do consumidor, análise de concorrência, seus resultados provam que a abordagem proposta funciona independentemente do seu campo de atividade.

O objetivo do Marketing na Internet é universal: dê mais visibilidade ao seu negócio  !

Aqui estão 7 áreas de trabalho disponíveis para promover seus negócios na Internet:

  • Formalize os três pilares básicos para suas ações de Marketing Digital,
  • Dê vida ao seu site publicando conteúdo de qualidade,
  • Trabalhe nas regras de otimização de site para o seu SEO – Tráfego Orgânico no Google,
  • Promova seu conteúdo nas redes sociais onde seus clientes estão,
  • Crie um relacionamento direto nas suas campanhas de email,
  • Se necessário, invista mais em publicidade on-line para acelerar o retorno do investimento,
  • Monitore e analise os resultados obtidos para melhorar suas ações.

Como divulgar sua empresa na Internet, em 7 etapas principais?

1. Formalize os 3 pilares do seu Marketing Digital

Os três pilares fundamentais da presença eficaz na Internet são:

  • Defina seu alvo,
  • Analise seus concorrentes,
  • Estabeleça metas realistas.

Defina seu alvo com uma Persona

Antes de divulgar sua empresa na Internet, defina bem seu objetivo: quem você deseja alcançar ?

De fato, não faz sentido tornar sua empresa conhecida “para todos os brazucas, de 7 a 77 anos”… É um esforço colossal e, além disso, não é lucrativo! Assim você pode perder o dinheiro investido se não escolher o público certo que tem interesse no seu produto ou serviço.

Para promover sua empresa e sua oferta, concentre-se no segmento de mercado que lhe interessa .

Então, comece definindo seu cliente-alvo, suas características, comportamento, desafios … Você simplificará sua vida de empreendedor com mais resultados!

No Marketing Digital, use uma ferramenta adaptada que define, o retrato do robô do seu cliente ideal.

Analise seus concorrentes:

Você deve ter concorrentes ativos em seu mercado, com certeza

Simplesmente, para sua visibilidade na web, faça melhor que seus principais concorrentes diretos .

  • Se, para uma determinada palavra-chave, as páginas do website estão na 4ª posição nas páginas de resultados do Google, basta ficar na posição 3 com a mesma palavra-chave!
  • Seu concorrente tem uma página comercial do LinkedIn com 100 assinantes? Objetivo é chegar a 200.
  • Sua newsletter é enviada para 1.000 clientes em potencial? Seu objetivo é, portanto, alcançar rapidamente 2.000!

Fazer um pouco melhor do que sua concorrência está começando a tornar suas ações visíveis na web.

Depois, ao longo dos meses, amplie a diferença para deixar seus concorrentes para trás.

Meu conselho : verifique também se você está muito à frente de seus concorrentes, analisando a estratégia de SEO deles .

Defina claramente seu objetivo

Você não pode falar sobre visibilidade na Web sem definir uma meta clara e realista.

De fato, sem um objetivo bem definido, você é levado com o vento (assim indo para qualquer direção) . Impossível definir quais ações implementar, nem quando, nem por que!

Minha recomendação é simples, defina 2 objetivos:

  • Primeiro, aumente o tráfego do site da sua empresa o mais fortemente possível . Por exemplo, defina-se de 20 a 500 visitantes por dia, e isso nos próximos 6 meses,
  • Então, continuando a gerar tráfego na Web, melhore suas taxas de conversão : o número de contatos, pedidos feitos em seu site … Por exemplo, seu objetivo pode ser aumentar a taxa de visitantes em seu site que assine sua newsletter de 1 a 5% em 3 meses.

É difícil se concentrar nessas duas metas ao mesmo tempo, então comece a direcionar tráfego e otimize suas taxas de conversão em uma segunda etapa.

Meu conselho  : para definir objetivos mensuráveis ​​e realistas, use a metodologia SMART .

2. Invista no seu site e publique regularmente conteúdo de qualidade

No Marketing Digital, o site da sua empresa é seu único ativo duradouro!

Sua página do Facebook depende da boa vontade do Facebook, dos caprichos de seu algoritmo de classificação de publicação, etc.

O mesmo vale para a sua página e perfil do LinkedIn, sua conta do Twitter, seu canal do YouTube …

Tudo na Internet é “perecível”, exceto o seu nome de domínio e o site anexado.

O site da sua empresa é o único ativo na Internet que ninguém pode tirar de você .

Contanto que você pague a taxa anual pelo seu nome de domínio e seu host , seu site estará disponível!

Meu conselho:  centralize todo o seu conteúdo e a maioria dos seus esforços de Marketing Digital em seu site profissional. Considere isso como um ativo “financeiro” do seu negócio, porque é um!

Seus clientes consomem conteúdo para se convencer antes de comprar

Hoje, todos os usuários da Internet e, em particular, seus futuros clientes, consomem conteúdo o dia inteiro:

  • Artigos de blog,
  • Tutoriais escritos ou em vídeo,
  • Infográficos,
  • White Papers…

Todo esse consumo de conteúdo atende a vários objetivos:

  • Diverta-se,
  • Aprender,
  • Decidindo comprar.

O conteúdo publicado por sua empresa deve atender a cada uma dessas intenções do usuário .

Seus futuros clientes estão procurando conteúdo interessante, útil, relevante e informativo.

Por quê ?

Para entender sua oferta, determine sua adequação às necessidades e ao nível de qualidade que você oferece …

O objetivo deste conteúdo é convencê-los a comprar de você, e não de seus concorrentes!

Dito isto, para tornar sua empresa conhecida na Internet a longo prazo, a decisão a seguir é estabelecer uma estratégia de conteúdo regular e relevante .

A eficiência da produção regular de conteúdo gratuito não deve mais ser demonstrada. No B2B , as empresas que publicam conteúdo geram 67% mais perspectivas do que aquelas que não geram, igual a um exemplo de um de nossos cliente, no ramo de mudanças – e para eles terem resultados, eles vem investindo no marketing de conteúdo.

Ao publicar regularmente, você ganhará a lealdade do público.

Esses leitores nem todos estão necessariamente interessados ​​na sua oferta, mas ainda podem falar sobre isso na rede deles.

Assim, você encontra indiretamente clientes.

Obviamente, o objetivo é, acima de tudo, produzir conteúdo que agrade diretamente seus clientes em potencial. Daí a necessidade de descrever adequadamente sua persona, como mencionado acima.

Publique conteúdo para seus clientes em potencial

Você descreveu suas personas, analisou seus concorrentes e definiu seu objetivo em termos de visibilidade na Web.

Você está convencido de que o site da sua empresa é o principal local para investir tempo e dinheiro para oferecer conteúdo interessante e útil aos seus clientes!

Então agora é hora de começar a produzir esse conteúdo de maneira estruturada e eficiente.

Como produzir conteúdo que agrade aos seus futuros clientes?


Siga estes guias úteis que mostram o caminho:

  • Escolha os tipos de conteúdo mais adequados para transmitir sua mensagem,
  • Inspire-se com essas 7 dicas para trabalhar em seu conteúdo de  maneira profissional,
  • Encontre metodicamente as palavras-chave mais usadas por suas personalidades  antes de criar seu conteúdo,
  • E se você já possui conteúdo online, aqui estão 22 maneiras de aprimorá-lo  !

A chave para obter mais visibilidade e tráfego para o seu site? Publique regularmente o conteúdo que seus futuros clientes desejam ler!

Conclusão sobre como comercializar seus negócios na Internet

Como você pode ver, divulgar seus negócios na Internet é acima de tudo uma questão de método e prática. É certo que isso representa um pouco de tempo, organização e as ferramentas certas … Mas é essencial para conquistar novos clientes.

Na inbounder Marketing, nos esforçamos para tornar seu trabalho mais fácil, divertido e menos técnico.

Ao longo deste artigo, apresentei a metodologia prática, simples e eficaz em 7 eixos para divulgar seus negócios na Web:

  • Formalize os três pilares fundamentais no seu Marketing Digital,
  • Invista no seu site e publique regularmente Conteúdo,
  • Trabalhe nos conceitos básicos de SEO,
  • Promova seu conteúdo onde seus futuros clientes estão,
  • Comunique-se com sua comunidade com campanhas de email
  • Se necessário, invista em campanhas de publicidade on-line,
  • Acompanhe seus resultados e melhore seus indicadores.

Ao aplicar esse método, o número de visitantes diários pode estar na casa dos milhares.

E ai, gostou no nosso conteúdo? Esse é apenas um pedacinho que a Inbounder preparou para você, se você precisa de apoio técnico e especialista em marketing digital, entre em contato conosco em nosso website: https://www.inbounder.com.br­­

O que mudou no perfil dos consumidores do mercado imobiliário

O mercado imobiliário passou por diversas mudanças ao longo do tempo. Com a ascensão da tecnologia, os consumidores possuem acesso fácil a toda e qualquer informação, tornando muito mais frequente a busca pelos imóveis desejados por meio da internet de forma detalhada. Além disso, há muitas décadas o perfil era totalmente diferente, sendo a maioria famílias com vários filhos e que precisavam de grandes espaços.

Hoje em dia, é possível observar pelos apartamentos, que os espaços são cada vez menores e é exatamente isso que grande parte das pessoas procura. Com isso, as imobiliárias precisaram se adaptar ao novo mundo para atender às demandas dos consumidores. E o que, de fato, mudou em seu perfil?

Perfil

Como falado, antigamente as pessoas estavam em busca de grandes casas, apartamentos e imóveis em geral para acomodar toda a família e demais itens do lar.

No entanto, o tamanho hoje em dia já não é mais sinônimo de comodidade. Isso quer dizer que, os consumidores em geral estão em busca de espaços menores e que mantenham o conforto e aconchego. Pode-se relacionar esse fato com o consumo consciente, que também se tornou tendência. Ou seja, as pessoas começaram a entender que investir em produtos úteis e relevantes para sua rotina é o ideal, deixando de lado aqueles descartáveis e que não agregam valor. Com essa mudança de prioridade, foi percebido que os espaços maiores já não se encaixavam mais em seu estilo de vida compacto, preferindo então a funcionalidade e maior custo-benefício.

Além disso, esse novo perfil é muito focado na experiência e estilo de vida, observando também o entorno do imóvel, como a facilidade para acessar pontos de ônibus e metrô, farmácias, supermercado, entre outros. Isso porque, ao pensar em sua rotina e na qualidade de vida, eles preferem passar longe do trânsito e consequentemente do estresse, sendo esses fatores cruciais para a escolha do imóvel.

Mercado Imobiliário

Mercado Imobiliário

Comportamento

O comportamento do consumidor não se baseia apenas em espaços, mas como é feito todo o processo de compra de algum produto ou serviço também influencia em suas escolhas. Citada anteriormente, a experiência combinada à personalização é um grande diferencial para empresas que querem conquistar os clientes de hoje em dia. Contudo, não basta apenas personalizar, é preciso que o atendimento da imobiliária supere as expectativas do cliente, que é muito exigente nesse aspecto. É preciso oferecer informações transparentes em propagandas e principalmente nos contratos comerciais. Caso esse público se sinta, por algum motivo, menosprezado ou enganado, será muito difícil recuperá-lo posteriormente.

Com isso, a posição do consumidor mudou, sendo o ditador das regras e centro do negócio, fazendo com que empresas se adaptassem às exigências.

Tecnologia

A internet foi um agente ativo em todas essas mudanças devido a gigantesca e fácil oferta de informações, como opiniões e experiências de outros usurários. Isso porque esses tipos de avaliações são considerados fundamentais para esse novo perfil, que se tornou cada vez mais crítico e seletivo. Ou seja, se identificar qualquer avaliação ruim, é muito provável que fique com o pé atrás.

Além disso, com a facilidade para encontrar informações, os consumidores estão cada vez mais inteirados sobre taxas, condições de pagamento, juros e financiamento, realizando diversas buscas antes de realmente finalizar a compra. Isso faz com que seu poder de negociação seja ainda maior.

Homens x Mulheres

Existem algumas diferenças entre o público feminino e o masculino, visto que o primeiro é detalhista e o segundo um pouco impaciente.

Diversos estudos comprovam que os homens veem o processo de compra de imóveis como uma obrigação, não se preocupando com detalhes, evitando ao máximo qualquer tipo de burocracia e optando por locais em que possa receber os amigos. Esse público adora descontos e se conquistados, se tornam fiéis.

Já as mulheres são mais exigentes e encaram com seriedade a compra de um imóvel, esperando um atendimento a altura de suas expectativas para se sentir importante. Elas são conquistadas a partir do momento em que começam a confiar na imobiliária, mas se não passarem por uma boa experiência compartilham com amigos e familiares.

Imobiliária

Com todas essas mudanças e exigências, como a imobiliária pode se destacar e realmente ajudar o consumidor? Para facilitar e melhorar a experiência de seu público, muitas imobiliárias já possuem sites ou aplicativos, nos quais é possível realizar buscas refinadas de acordo com suas necessidades, preferências, gostos e orçamento. Inclusive, é possível visualizar o imóvel completo por meio das fotos ou da visão de 360 graus.

Uma imobiliária de qualidade, além de personalizar o atendimento, está presente em diversos canais para se aproximar de seus clientes e entender o que estão precisando para resolver de uma vez por todas suas dores da melhor forma possível. Esse intuito de ajudar oferece maior visibilidade para a imobiliária, mas também cria uma relação de total confiança com o consumidor, sendo esse um pilar fundamental nas relações.

Como obter leads – Confira agora mesmo.

Qualquer que seja o seu serviço, se você deseja ter clientes, precisará de um banco de dados sólido de potenciais compradores e marketing de conteúdo que torna essa tarefa extremamente fácil para nós. De fato, é a geração de conteúdo valioso a melhor moeda para obter novos leads ou contatos.

Se você entender que a geração de leads não apenas o ajudará a criar um banco de dados de pessoas que demonstraram interesse em seus produtos / serviços, mas também o primeiro passo para o sucesso de vendas, grande parte de seus esforços serão eles se movem para capturar esses leads. Por esse motivo, hoje quero mostrar a você as estratégias mais simples e eficazes para obter leads.

Obtenha Leads B2B agora mesmo – Potencializando o seu Negócio.

Leads

Primeiras coisas primeiro: classifique seus leads

Antes de falar com você sobre como obter leads, é importante deixar claro que nem todos serão realmente úteis para o seu negócio. Em outras palavras, para criar um banco de dados sólido, você precisa que eles sejam de qualidade. Você saberá que um lead é de qualidade, dependendo da pontuação que ele obtém. Você pode atribuir a eles pontuações de acordo com as interações que eles têm com seu conteúdo e, é claro, com seu site.

É precisamente para os leads que possuem uma pontuação adequada, que você pode ajudá-los a amadurecer por meio de uma campanha de marketing por email bem elaborada. Esses tipos de campanhas geram mais interesse em sua marca e em seus serviços / produtos. E, com o conteúdo que você oferece, você pode progredir no seu funil de vendas. Portanto, quanto mais leads gerados, maior a probabilidade de clientes em potencial – desde que haja uma conversão adequada e os leads sejam de qualidade. Não esqueça que a conversão envolve, sem dúvida, mais vendas.

É extremamente importante prestar atenção aos tipos de leads que acessarão nosso site ou meio de captura de leads. A classificação adequada permitirá convertê-los de forma mais eficaz. Com as ferramentas de marketing de entrada, podemos obter uma classificação simples que nos oferece a temperatura do chumbo como indicador.

Além disso, você deve ter em mente que a maneira como interagimos com nossos usuários depende muito do ciclo de compra em que ele é encontrado. O comportamento desse lead está mudando através do chamado funil e suas ações devem ser ajustadas à medida que progridem nesse funil.

Tipos de Leads

Porque, obviamente, um usuário que acessa nosso site pela primeira vez e baixa um e-book ocasionalmente não é o mesmo que se inscreveu em nossa página e se envolve mais constantemente com nosso site.

Chumbo frio ou chumbo

Começamos com o cliente em potencial ou chumbo frio. Foi o usuário que baixou parte do conteúdo que você oferece e também nos forneceu as informações básicas que exigimos dele, como seu nome e email. Como esse usuário não está perto de uma decisão de compra, ele pode ser classificado como um lead frio.

Líder qualificado de marketing

Esse tipo de usuário ou lead tem muito mais probabilidade de se tornar um cliente do que o lead anterior. Isso é considerado porque demonstrou interesse em nosso conteúdo, e não em um, mas em várias publicações e também se inscreveu em seu boletim de notícias, caso você tenha um. Quando o Lead está nesse estágio, mais informações são solicitadas para criar uma segmentação mais precisa que permita determinar se há uma oportunidade de negócio real. Para isso, é usado um formulário mais amplo com o qual os dados do perfil podem ser expandidos.

Líder qualificado de vendas

Esse usuário é quem está pronto para comprar. Em termos de temperatura, é um chumbo quente. Esse tipo de lead é completamente convertido e, portanto, está pronto para fornecer todas as informações necessárias para uma possível transação. De todos eles, é o que mais avançou no seu funil e o que melhor responde à sua oferta.

Como obter leads?

Existem 4 elementos principais que ajudarão você a obter leads e que uma boa estratégia para obtê-los não pode ignorar.

Página de destino

Essa página é onde os usuários precisam chegar e, portanto, deve ser projetada para converter seus visitantes em leads. Na maioria dos casos, a qualidade do conteúdo que publicamos não é suficiente, por isso é extremamente importante que sua página atraia pessoas. Por esse motivo, cuide de projetá-lo profissionalmente e de acordo com o que você oferece e, por favor, não esqueça de cuidar da redação do texto que você publica nele.

Formato

Se existe uma alegoria perfeita para esse elemento, é: o gateway do usuário. Depois que o usuário entra nessa porta, ele ou ela se torna uma pessoa anônima e líder da nossa marca. Como é através do formulário que o usuário nos deixa seus dados e se torna parte de nosso banco de dados.

Oferta

O que há de tão interessante que poderíamos oferecer ao usuário para incentivá-lo a fornecer seu e-mail e / ou número de telefone? Essa é a pergunta que você deve fazer para criar um conteúdo inteligente e valioso para a pessoa ou cliente ideal do Comprador.

Apelo à ação ou apelo à ação

Essa chamada à ação nada mais é do que um link ou um botão em nosso site que faz com que o usuário execute a ação exata que queremos. Esse elemento está intimamente ligado ao design de copywrite em tandem.

Da mesma forma, é importante ter em mente que esses elementos não funcionam separadamente, mas devem funcionar como um conjunto harmonioso para que possamos obter os leads que procuramos.

Estratégias para obter mais leads

Entre as estratégias mais eficazes para obter leads, encontramos:

  • Otimize sua página de destino. Fundamental se você deseja que suas campanhas de publicidade ou captura de leads sejam bem-sucedidas.
  • Trabalhe nas redes sociais que seus usuários mais usam: crie campanhas publicitárias, interaja com seus seguidores, seja criativo, agregue valor ao seu conteúdo, realize concursos, promoções, eventos, ofertas.
  • Crie qualidade e conteúdo otimizado. Você não deve fazer isso apenas no seu blog, mas também na sua página inicial e nas categorias de produtos. Só então você terá uma boa classificação nos mecanismos de pesquisa.
  • Crie campanhas de marketing por email. Essa estratégia é ideal para você saber quais leads estão realmente interessados ​​em sua marca.
  • Crie e otimize campanhas do Google Ads. Os anúncios do Google Adwords permitem que você, mais do que qualquer outra estratégia, obtenha resultados em um curto período de tempo.

 

Extensor para órgão reprodutor masculino: Como funciona, vantagens e efeitos colaterais

Quando o assunto é engrossar o pênis naturalmente um dos primeiros métodos que nos vem em mente é o aclamado extensor peniano.

O extensor é uma pequena “engenhoca” que proporciona um alongamento em seu pênis, ativando assim a multiplicação celular, como consequência, a espessura de seu pênis aumenta em tamanho proporcional ao seu comprimento.

Muito utilizado desde os primórdios, ele foi aprimorado com o decorrer dos anos, se tornando algo útil, mas não tão desconfortável como era em suas primeiras versões de existência.

Como o extensor peniano funciona?

A metodologia do extensor peniano é bem simples, método este que já é utilizado a várias gerações.

De maneira mais formal, você irá gerar pequenas tensões no corpo de seu pênis por intermédio da tração, ativando assim uma função natural de nosso organismo, a multiplicação celular.

Ao inserir o extensor em seu pênis flácido, cada vez que ele ficar ereto pelo decorrer do dia, uma tração irá ocorrer em seu corpo, com o passar do tempo, essas pequenas trações irão se transformar em lesões, então que o “milagre” começa ocorrer”.

Por conta disso, os tecidos de seu pênis que é composto por células, irão se multiplicar e ocasionar um aumento significativo no comprimento e na espessura peniana.

Além disso, a tração que ocorre no corpo do seu pênis abre um maior espaço para facilitar o fluxo sanguíneo nos vasos de seu pênis, o que melhora sua libido e desempenho sexual.

Através do aumento do fluxo sanguíneo, os seus vasos irão se expandir de forma exponencial, ocasionando assim uma dilatação entre eles, outro fator que irá influir de maneira eficaz no famoso método de engrossar o pênis naturalmente.

Como utilizar o extensor peniano?

Os especialistas recomendam que você utilize o extensor por no máximo 6 horas por dia, para assim usufruir o máximo de seus benefícios. Segue as recomendações:

  • Prenda o extensor no corpo de seu pênis da maneira mais folgada possível, para evitar lesões. A tensão no seu pênis deve de fato ocorrer, mas em níveis toleráveis.
  • Utilize roupas leves e confortáveis, evite jeans.
  • Intercale entre intervalos de 60 minutos a cada 120, para evitar lesões nos primeiros dias.
  • Não é recomendado que se utilize pela noite.

Qual a vantagem do extensor peniano?

  • Ajuda a engrossar o pênis naturalmente e auxilia no aumento de seu comprimento.
  • Melhora o desempenho sexual e a eficácia da ereção
  • Ajuda no ajuste da curvatura do pênis, os famosos: Pênis tortos.

Visão geral sobre o Extensor peniano

O extensor peniano não possui efeitos colaterais, todavia, esta informação não é comprovada através de estudos. Caso o paciente faça o uso de maneira incorreta, pode gerar feridas no corpo de seu pênis.

Nos primeiros dias de uso pode gerar um desconforto muito grande em seu pênis, como dores e inchaços, mas não é motivo de preocupações, é somente nos primeiros dias.

Os resultados irão aparecer de maneira proporcional com o seu uso do aparelho, o quão mais você utilizar, mais rápido os resultados irão aparecer. Mas em média, os resultados começaram bradar nos três primeiros meses.

Muitos utilizam alguns suplementos sexuais em conjunto com o extensor peniano, mas vai de pessoa para pessoa, não existe nenhuma eficácia a mais totalmente comprovada.

Se você não quer usar o extensor, da para usar cápsulas, como:

 

OU então cremes:

Como ter microfones sem fios ideias para a gravação

Um microfone “sem fio” ou de rádio, como o nome indica, não requer um cabo para transportar o sinal de áudio para um mixer ou equipamento de áudio. Eles são projetados para dar ao cantor, orador ou instrumentista a liberdade de se movimentar pelo palco sem impedimentos e também são amplamente utilizados no jornalismo eletrônico (ENG). Os sistemas sem fio são compostos de três componentes básicos – microfone, transmissor e receptor.

Confira também: Curso de masterização – Se Torne um profissional e melhore a qualidade de seus áudios.

microfone

Os microfones sem fio são modelos portáteis, de lapela (também conhecidos como lapela), faixa para a cabeça ou clipes de instrumentos, cada um projetado com aplicações específicas em mente. Normalmente, os transmissores estão bem integrados ao corpo do microfone ou vêm na forma de um balão de cinto, onde o microfone está conectado – uma vez que processam o sinal de áudio do microfone e o transmitem como um sinal de rádio. O receptor capta essa transmissão e a converte em um sinal de áudio.

QUE FREQUÊNCIA

Os microfones sem fio operam dentro de uma banda de frequência de rádio específica que varia de país para país. Isso evita interferências com outros dispositivos que possuem bandas diferentes do espectro reservadas para eles, por exemplo, redes de televisão e rádio, telefones celulares e roteadores WiFi. Dependendo das faixas de frequência usadas, os sistemas sem fio são classificados em VHF (frequência muito alta) e UHF (frequência ultra alta). Os sistemas UHF têm maior potência de transmissão de saída e também são menos suscetíveis a interferências – eles podem transmitir sinais de áudio com maior largura de banda que os VHFs.

Qualquer sistema sem fio deve estar em conformidade com os regulamentos governamentais. No entanto, este será um problema que o fabricante terá que resolver, uma vez que os produtos que você compra em qualquer país, provavelmente precisará ajustá-los depois de tirá-los da caixa. No entanto, com os vários sistemas sem fio mais sofisticados projetados para uso internacional, pode ser necessário solicitar uma licença.

Atualmente, e devido à expansão das tecnologias digitais, a reordenação de frequências prosseguirá com o dividendo digital , dedicando uma margem de frequência aos novos serviços de banda larga móvel (4G) de quarta geração, que na Europa foram determinados na faixa 800 MHz (790-862 MHz), portanto, esse intervalo não pode ser usado para sistemas PMSE após 31.12.2015. faixa de 863 a 865 MHz não foi afetada e pode ser usada sem licença e taxas também após 31.12.2015, embora seja possível que com a intensificação da Internet sem fio você sofra interferência em maior ou menor grau.

TIPOS

A escolha do sistema sem fio certo depende da sua aplicação – é para um cantor solo, apresentador corporativo, professor de aeróbica ou saxofonista? Cada tipo de microfone e transmissor deve ser escolhido com o uso pretendido em mente. A seguir, são apresentadas as combinações mais comuns de microfone / transmissor, além de uma breve explicação de suas aplicações.

Microfones de mão

Ideal para cantores no palco, apresentações ou shows em que o público participa, onde um microfone precisa ser transmitido de uma pessoa para outra.

Microfones para clipes de instrumentos

Especialmente projetado para instrumentos de sopro, onde o microfone geralmente é conectado à campainha e o transmissor é transportado pelo intérprete, para que os solistas não sejam “amarrados” a um pé micro ideal para que uma seção de metal possa se mover. Obviamente, os jogadores que mais comumente optam pela tecnologia sem fio são guitarristas – este é um tópico por si só; portanto, consulte o nosso guia separado para este tópico.

Microfones de cabeça

Como os microfones de lapela, eles se conectam a um transmissor bodypack e são projetados para usuários que fazem movimentos vigorosos no palco ou onde grandes quantidades de volume exigem que o microfone esteja muito próximo da boca. Como exemplos, temos dançarinos e guitarristas, percussionistas, instrutores de fitness (procure os fones de ouvido à prova de suor) e apresentadores de demonstração onde um microfone de lapela pode captar o ruído da roupa, pois eles tendem a gesticular descontroladamente!

Microfones de lapela

Destinado a apresentadores e emissoras públicas, esses pequenos microfones de lapela são colocados nas roupas, enquanto um cabo passa por baixo e se conecta a um pequeno transmissor de bolso com bateria. Eles são discretos e permitem que o interlocutor se mova livremente pelo palco. Versões muito pequenas desses microfones são frequentemente usadas nos cinemas, escondidas em apliques ou camufladas com maquiagem.

SISTEMAS MULTI-MICROFONE

Receptores

A escolha do receptor deve basear-se em onde será usado e na complexidade do sistema sem fio, bem como na influência no nível de interferência e no número de canais necessários. Os sistemas mais baratos geralmente têm apenas um único canal fixo, em vez da capacidade de sintonizar uma frequência específica. Isso é bom se usarmos apenas alguns microfones, mas verifique se cada um tem uma frequência diferente no momento da compra.

Os fabricantes costumam codificar as caixas com cores para facilitar essa tarefa. No entanto, com um sistema com vários microfones, onde é necessário um gerenciamento de frequência mais complexo, é necessário um receptor que possa ser sintonizado em uma faixa de frequência diferente.

Transmissores

Os transmissores precisam de energia além de qualquer coisa que possa ser fornecida pelo próprio microfone, e isso pode ter a forma de baterias alcalinas padrão do tipo “Duracell” ou uma bateria recarregável fornecida com o equipamento. As baterias alcalinas geralmente duram até seis horas, em oposição às três horas que duram as baterias recarregáveis ​​- de qualquer forma, verifique se você está totalmente carregado antes do show começar!

TERMOS-CHAVE

Receptor

No receptor em inglês, ele converte o sinal de rádio de alta frequência em baixa frequência o mais próximo possível do original.

Remetente

Modula as oscilações produzidas pela cápsula do microfone em um sinal de alta frequência, que pode ser captado por um receptor. Existem transmissores de mão nos quais a cápsula do microfone e o remetente ou o transmissor estão no mesmo compartimento, e também existem bodypacks ou bodypacks conectados ao microfone por um cabo e podem ser armazenados no bolso ou cortados passando despercebido.

Tom piloto

Um tom piloto de telecomunicação é um sinal (geralmente uma frequência única) que separadamente e independentemente do sinal útil é transmitido por um canal de comunicação. Serve para fins de referência de operação, controle e monitoramento. Em geral, o tom piloto é geralmente usado para indicar ao receptor se o transmissor está conectado, se não houver sinal, ele muda o receptor para Mudo.

VHF

Frequência muito alta ?? Ele cobre o espectro de frequências de rádio de 30 MHz a 300 MHz e é usado principalmente para transmissão de rádio na televisão e FM.

UHF

Ultra High Frequency – abrange o espectro de radiofrequências de 300 MHz a 3 GHz e é usado principalmente para serviços de televisão e telefone móvel.

Diversidade

Todos os sistemas de rádio são suscetíveis a interferências e, em casos extremos, o sinal pode ser totalmente cortado. Para evitar a possibilidade de isso acontecer, os receptores? Diversidade? eles usam duas antenas separadas a uma certa distância uma da outra. O sinal recebido em cada antena é comparado pelo receptor e o sistema usa automaticamente o mais forte.

Como é improvável que as duas antenas sofram interrupções ao mesmo tempo, o sinal resultante é muito estável. (Os receptores de “diversidade” não requerem transmissores de “diversidade” – as antenas simplesmente capturam duas versões diferentes do mesmo sinal, devido à sua separação física no espaço. ) Os sistemas de antena única são conhecidos como “sem diversidade” – Eles só devem ser usados ​​quando seu orçamento é pequeno e o alcance operacional do sistema é curto.

Interferências

Isso se refere a problemas de interação com outros equipamentos eletrônicos. Existem três tipos comuns de interferência – interferência elétrica, freqüência de rádio ou interferência RFI e intermodulação (veja abaixo). A interferência elétrica pode ser causada por qualquer dispositivo elétrico, por exemplo, equipamentos de iluminação e produtos domésticos classificados como produtos de linha branca.

As RFIs são causadas por rádio, televisão e outros equipamentos que geram energia de radiofrequência em sua operação normal. Os sistemas de microfone de rádio evitarão todo tipo de interferência, mas os mais baratos não!

Silenciamento

Essa é uma forma de circuito semelhante à de um gate de ruído, geralmente incorporado em receptores sem fio. Silencia a saída de áudio quando não há sinal de RF presente ou apenas muito baixo – isso elimina qualquer ruído branco estranho, que seria ouvido quando o sinal insuficiente é recebido do microfone ou quando o microfone é desligado. A maioria dos receptores possui um limiar de silenciamento ajustável.

CONCLUSÃO

A maioria dos principais fabricantes de microfones oferece tecnologia sem fio. Shure, Sennheiser, AKG, Audio Technica e Beyerdynamic são os principais exemplos, juntamente com alguns recém-chegados ao mercado, como Samson e TBone, que oferecem produtos competitivos em termos de preço e desempenho.

Esperamos que este guia tenha fornecido as ferramentas para garantir que sua escolha seja correta, mas é claro que quando você precisar de sistemas mais complexos, nossos especialistas sempre poderão ajudá-lo. Agora esqueça esses cabos!

 

Dicas para o cuidado do recém-nascido no verão

Estamos nos meses mais quentes do ano e os cuidados com o seu recém-nascido devem ser reforçados para evitar riscos como insolação, desidratação ou picadas de insetos.

Confira também – Boia puddle jumper – Preço acessível para você

Dicas para o cuidado do seu Bebê o Verão

Hidratação

Os recém-nascidos não bebem água, pois a hidratação depende da dieta e sempre deve ser solicitada . Se você estiver amamentando, notará que seu bebê solicitará um seio em mais ocasiões. Ofereça-o sempre que ele pedir, dia e noite. Podem ser fotos muito longas ou curtas e muito frequentes, dependendo da sua necessidade de sede e fome. Se for alimentação artificial, ofereça-a também sob demanda. Os recém-nascidos não precisam de água ou infusões, a menos que seu pediatra o peça expressamente.

Como se vestir?

Quando a temperatura está alta, os recém-nascidos não precisam de mais roupas que os adultos , portanto, não devem usar sobretudo. Evite sofrer de insolação, que é o principal risco no verão. Você deve estar ciente de sua temperatura e, se estiver acima de 38º, deve hidratá-lo, tomar um banho de água sempre quente e procurar o pediatra o mais rápido possível.

Se estiver muito quente, basta usar um corpo ou uma camisa de algodão ou barbante, que seja respirável e hipoalergênico. Lembre-se de lavá-los com um detergente para bebê e nunca use amaciante ou alvejante. Até você andar, você não precisa usar sapatos.

Além disso, recomendamos que você carregue um cobertor ou uma canção de ninar, caso a temperatura mude para cobri-lo, bem como uma substituição da folha inferior do carrinho para trocá-lo se ele ficar molhado de suor.

Se você estiver em casa, tente manter a temperatura ambiente entre 22 e 25 ºC. N ou licença expostos a correntes de ar, ventiladores ou ar condicionado e as noites cobrir -lo com uma folha de luz. Você também deve verificar  frequentemente sinais de superaquecimento, como pele suada, letargia ou agitação excessiva.

Como cuidar da sua pele?

A pele do recém-nascido é muito delicada, portanto, você deve usar apenas produtos adequados para a idade dele. Você não deve expô-lo à luz solar direta até os seis meses de idade. O melhor cuidado é mantê-lo sempre à sombra e, embora não exponha o bebê diretamente ao sol, você também pode proteger sua pele com um filtro solar específico.

Picadas de insetos

No verão, é hora de mosquitos e outros insetos. Algumas picadas podem ser perigosas para os bebês. Proteja seu berço e carro com uma rede mosquiteira. Existem pulseiras anti-mosquito para transportar no carro ou no berço. Também existem aplicativos móveis que emitem sons que os afastam. Nunca aplique loções repelentes diretamente na sua pele, pois elas não são adequadas para a sua pele delicada.

Lembre-se de que, nos meses de verão, o mais importante é que seu bebê se hidrate, não o exponha diretamente ao sol e não o proteja excessivamente.

« Older posts

© 2020 Cidan Dicas

Theme by Anders NorenUp ↑