Motivos para medir a velocidade da internet com Algar Speed Test

O Algar Speed Test é um dos mais populares meios de medir a velocidade da sua internet, com isso, de forma rápida e precisa, você terá conhecimento sobre a qualidade do seu sinal e poderá checar se sua operadora está oferecendo a você tudo aquilo que está definido no contrato. Com Algar Speed Test é possível verificar se você não está pagando a mais pela sua internet.

medir velocidade com algar speed test

O processo para medir a velocidade de sua internet com o Algar Speed Test é extremamente rápido, fácil e preciso. Você precisa apenas ter o link do site que realiza esse teste e clicando na opção “iniciar”, em poucos segundos você terá na tela do seu computador informações precisas sobre a qualidade do seu sinal e velocidade da sua internet.

Que informações o Algar Speed Test me passa?

Com o Algar Speed Test você tem informações precisas sobre a velocidade e qualidade do seu sinal de internet, pois esse teste fornece aos internautas quatro dados, que são o ping, jitter, velocidade de download e upload. Com tais informações é possível analisar se você está recebendo realmente a quantidade de internet que está pagando e caso não esteja é possível reclamar junto a operadora ou então verificar a causa do problema.

Tendo em mãos esses quatro números, você pode verificar a qualidade do seu sinal de internet, cada um desses dados tem uma função diferente, por isso, é preciso entender exatamente o que cada um deles significa e com isso, é possível que qualquer pessoa que utilize a internet, mesmo sem entender muito sobre informática, consiga interpretar se sua internet está rápida ou não.

O ping é a primeira informação que aparecerá no Algar Speed Test, ele é responsável por medir a velocidade em que o seu computador recebe informações de um servidor. Já o jitter é a forma de medir o atraso em que o seu computador recebe essas informações. Esses dois números precisam ser baixos para indicar que a qualidade da sua internet é boa.

A velocidade de download é aquela que mostra exatamente a quantidade de internet que você contratou, é o número mais interesse para você no Algar Speed Test. Diferente dos anteriores, quanto mais o número aqui, melhor para você. A velocidade de download é o que garante que você assista a filmes, vídeos, ouça músicas e baixe arquivos no seu computador sem travar.

Por que devo testar a velocidade da internet com frequência?

A velocidade da internet deve ser testada com frequência por todos os internautas, pois é a forma de verificar se a sua internet está realmente tão rápida quanto a sua operadora te prometeu. A maioria dos brasileiros usa a internet diariamente, seja para se divertir, trabalhar ou se informar, por isso mantê-la com qualidade é fundamental.

O Algar Speed Test mostra os dados exatos sobre a qualidade do sinal que você recebe em sua casa, por isso é importante realizar esse teste para checar se realmente você está recebendo pelo que paga, afinal de contas, todos nós precisamos da internet e não podemos correr o risco de termos problemas com sua velocidade.

Pompoarismo: o prazer que ajuda a curar

falta desejo na mulher

O Clitóris

O clitóris das mulheres, que consiste em uma espécie de cilindro, é homólogo ao pênis masculino e o processo de ereção é muito parecido em ambos. É composto por três partes: a mais externa é a glande ou a cabeça, a do meio é o corpo e a mais interna é a crura. Durante o ato sexual, os músculos lisos do clitóris se relaxam e as paredes arteriais se dilatam.

Essa dilatação causa um aumento de sangue, que levado para as extensões da glândula do clitóris, causam a tumescência. A tumescência ocorre quando o clitóris se enche de sangue.

Certas condições físicas causam constrições do músculo vaginal e clitoriano e as artérias podem interferir na obtenção da tumescência clitoriana que pode ser observada em outros sintomas de disfunção sexual feminina, tais como: falta de desejo sexual na mulher, dificuldade de alcançar o orgasmo, lubrificação vaginal insuficiente ou dor durante o ato sexual.

UROMETRICS EROS-CTD ( Dispositivo de Terapia Clitoriana)

O Urometrics Eros-CTD trata-se de um aparelho capaz de estimular a tumescência clitoriana que são aspectos importantes para a sexualidade feminina. Seu mecanismo é similar ao aparelho de ereção a vácuo masculino, o causa o preenchimento de sangue do tecido cavernoso. O tratamento com UroMetrics Eros-CTD tem a intenção de ser usado como uma terapia para a mulher com disfunções sexuais.

Como um tratamento, o Eros-CTD aumenta o fluir do sangue criando um vácuo ao redor do clitóris. O Eros-CTD consiste num aparelho que opera o vácuo e de um dispositivo em forma de xícara (Caress Cup). O Caress Cup é colocado acima do clitóris e o aparelho é ativado para criar o vácuo, o qual concentra o sangue do clitóris causando a tumescência.

Cuidados

Descontinue o uso após o ato sexual ou uma sessão de 30 minutos de uso intermitente com um máximo de 4,4 minutos de uso contínuo. Não use o tratamento Eros-CTD por mais de 60 minutos. Álcool e drogas não devem ser usados junto com o tratamento Eros-CTD. Não adormeça com o vácuo do tratamento Eros-CTD ligado contra o seu corpo.

O tratamento Eros-CTD não é para ser usado como um contraceptivo ou controle de natalidade. O usuário pode aplicar o mínimo de vácuo necessário para obter a estimulação. Não use o aparelho Eros-CTD dentro ou perto da água. Não use o tratamento Eros-CTD com óleos ou lubrificantes.

Falta de orgasmo e Cuidados com HPV

O mundo moderno passa por intensas transformações. Entre as mais evidentes está o comportamento sexual. As pessoas, de um modo geral, buscam cada vez mais informações; procuram se conhecer melhor e também conhecer melhor seu parceiro ou parceira para uma vida sexual mais saudável e feliz.

falta de orgasmo

Mas ainda há muito o que avançar. Segundo estudo publicado pela Revista Brasileira de Medicina, 29% das mulheres têm dificuldades para atingir o orgasmo. Isso se chama anorgasmia.

A anorgasmia é a ausência recorrente de orgasmo, após uma fase de excitação normal, ocorrida com estimulação adequada em intensidade e duração. Ela pode ser classificada como primária, quando ocorre com pessoas que nunca atingiram um orgasmo, seja através da relação sexual ou da masturbação; secundária, ocorre em pessoas que tinham orgasmos em relações sexuais e deixaram de tê-los de forma sistemática; absoluta, se a pessoa é incapaz de atingir um orgasmo pela relação sexual ou pela masturbação, em nenhuma circunstância; e situacional, se a pessoa pode alcançar um orgasmo, mas só em circunstâncias específicas.

Em alguns casos, o problema pode se resolver fisicamente, isso pode variar com o tamanho do pênis ser grande ou pequeno demais para satisfazer a mulher.

Há vários fatores – orgânicos e/ou psicológicos – que podem provocar a falta de orgasmo. As mulheres reagem de forma diferente dos homens aos estímulos. Elas são mais sentimentais e românticas, têm que sentir e ser sentidas. As mulheres precisam se sentir bonitas, ter segurança, melhorar a auto-estima. Já o homem é mais visual. Ele precisa tocar.

Entre os fatores orgânicos podemos destacar problemas com a tireoide, circulação sanguínea, cardiopatias, obesidade, diabetes, depressão, abuso do cigarro. Essas situações podem comprometer a excitação e, em consequência, o orgasmo. A boa notícia é que a anorgasmia tem tratamento com ótimos resultados.

Vacina contra o HPV

Todas as mulheres já devem ter ouvido falar no Papilomavirus Humano, ou HPV, como é mais conhecido. Se ainda não o conhecem, é importante estar informada. O HPV é um vírus que infecta células epiteliais da pele e da mucosa, causando diversos tipos de lesões como a verruga comum e a verruga genital. Existem cerca de 100 tipos de HPV descritos até o momento e, destes, 30 são encontrados no trato ano-genital.

A infecção por alguns tipos de HPV está relacionada à transformação de células epiteliais, sendo o principal fator de risco para o câncer de colo uterino. A principal forma de transmissão é através da relação sexual. A transmissão pode ocorrer após uma única relação sexual com um(a) parceiro(a) infectado(a). Grávidas com HPV podem transmitir o vírus para o feto durante a gestação ou no momento do parto.

O câncer de colo de útero mata no mundo perto de 240 mil mulheres por ano. No Brasil, estima-se que sete mil mulheres morram anualmente por causa da doença.

Por isso a aprovação pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso da vacina contra o HPV é tão importante e merece ser comemorada. O medicamento, com nome comercial Gardasil, foi testado em vários países, inclusive no Brasil, e vai provocar uma revolução e trazer qualidade de vida para as mulheres nos próximos anos.

Nos EUA a vacina foi aprovada para aplicação em mulheres com idade entre 9 e 26 anos, que não estejam infectadas pelo HPV. Mas, atualmente, uma das melhores formas de prevenção é o uso da camisinha.

Para diagnosticar a doença, o Papanicolau é o exame preventivo mais comum. Ele não detecta o vírus, mas as alterações que ele causa nas células. A Colposcopia e Peniscopia, exames feitos pelo colposcópio, aumentam o poder de visão do médico e permitem identificar as lesões em vulva, vagina, colo do útero, pênis e região anal.

Micropigmentação 3D para disfarçar cicatrizes

Cicatrizes podem causar incômodo, principalmente quando ficam em lugares muito visíveis, como o rosto. O problema faz com que várias mulheres recorram aos tratamentos com laser, mas existe um método mais prático e funcional: a micropigmentação 3D.

Esse procedimento é feito com a aplicação de uma tinta à base de glicerina na pele para disfarçar as cicatrizes feitas por machucados ou cirurgias, principalmente. O grande diferencial desse método é que não há risco de alergias e nem a necessidade de intervenções cirúrgicas.

Outra vantagem da micropigmentação é que a tinta inserida na pele é naturalmente expelida pelo organismo após 2 anos – ao contrário da maquiagem definitiva, que é feita da mesma forma que as tatuagens. O procedimento também pode ser desfeito, caso você não goste do resultado ou queira fazer alterações.

O resultado obtido com a micropigmentação é tão realista que a técnica também vem sendo usada para dar a sensação de aumento do volume ou mudança na forma de sobrancelhas e lábios. Além disso, o método também pode ser usado para redesenhar as auréolas dos peitos em casos de mastectomia – quando o seio é retirado devido ao câncer de mama.

A aplicação promete ser rápida e sem dor, com a aplicação de anestesia local apenas, mas é preciso encontrar uma clínica estética especializada e com profissionais qualificados. Antes de se submeter a qualquer procedimento, é importante conversar com um dermatologista para verificar se você está apta.

Bronzeamento artificial: pele morena de forma segura

Há muito tempo se fala em métodos de bronzeamento artificial e nos perigos que eles podem causar à saúde. Depois de muitas polêmicas e dúvidas, uma nova técnica parece garantir bons resultados com segurança: o Jet Bronze.

Mais seguro do que as câmaras com lâmpadas ultravioletas – que podem causar câncer de pele – e também mais funcional do que os métodos que usam tinta, o Jet Bronze tem ganhado muitos adeptos. O bronzeamento é feito em uma cabine, mas não utiliza lâmpadas ou tintas.

Ao invés disso, um produto autobronzeador feito à base de óleos essenciais é aplicado na pele e age apenas nas camadas superficiais. Dessa forma, não há riscos para a saúde, ou de você ficar com aquela cor alaranjada e artificial causada pelos bronzeamentos com tintas.

O Jet Bronze leva cerca de 20 minutos para ser aplicado no corpo e garante uma cor leve, variando um pouco de acordo com a pele de cada pessoa. A durabilidade da aplicação também pode variar, mas pode chegar até a 15 dias sem a necessidade de novas sessões.

É preciso tomar alguns cuidados simples antes da aplicação, como retirar maquiagens, brincos, anéis e cosméticos em geral – que podem causar manchas. A depilação com cera também deve ser feita antes da aplicação, não após, para evitar que a cor saia.

Além disso, é indicado que você mantenha sua pele hidratada e limpa todos os dias para aumentar a durabilidade do bronzeado. Caso você se interesse pela técnica, converse com um dermatologista para se informar sobre o método antes de adotar qualquer tratamento.

© 2018 Cidan Dicas

Theme by Anders NorenUp ↑