Page 2 of 35

Como escolher as melhores facas de cozinha?

Quando se trata de cozinhar, as ferramentas são um ponto importante para desfrutar dos melhores pratos, mas também de uma preparação eficaz. É por isso que escolher as facas de cozinha de qualidade certa é extremamente importante. Como todos sabemos, na cozinha, o respeito pela matéria-prima é muito importante e, para isso, a qualidade das facas é fundamental.

Um corte ruim pode fazer com que o vegetal ou fruta oxide antes, que as fibras da carne se quebrem de forma inadequada, prejudicando o resultado final ou podemos nos cortar durante o processo de preparo da receita, entre muitas outras coisas.

Confira as incríveis faca davila – Corte e qualidade para você

Como deve ser uma boa faca de cozinha?

Independentemente do tipo de faca de cozinha que usamos e do uso que vamos dar, há uma série de prêmios que devem ser cumpridos e que a tornam de qualidade. Estes são:

  • Ergonomia. Claro, deve ser confortável em nossas mãos e nos fornecer segurança ao trabalhar com ele.
  •  O uso. Nem todas as facas são adequadas para cortar e trabalhar todos os alimentos.
  •  O material, pois deve ter alta capacidade de corte e ser resistente ao desgaste. Além disso, é muito importante que o material com o qual é feito evite a proliferação de bactérias.

Como escolher uma faca de cozinha?

Ao escolher uma faca de cozinha, devemos observar sua lâmina e seu cabo. Assim como na sua montagem. O material também é um aspecto que não devemos perder de vista, como dissemos antes. Já o tipo de aço utilizado na lâmina da faca, irá determinar a vida útil desta. Uma das melhores opções é o aço inox, pois tem um fio muito durável e uma capacidade de corte muito alta. Tudo isso graças aos componentes do próprio aço:

  • Carbono, o que lhe confere grande desempenho tanto no corte como na afiação.
  • Molibdênio, que o torna resistente ao desgaste e lhe confere durabilidade.
  •  Vanádio, o que o torna resistente à corrosão e oxidação.

Por outro lado, a boa capacidade de corte e a facilidade de afiação são alcançadas com a qualidade do aço e o tratamento térmico ou revenido aplicado durante sua fabricação.

No entanto, além do aço inoxidável, podemos encontrar outros tipos de materiais com os quais as facas são feitas.

  •  Aço carbono: embora seja o melhor material para facas, é verdade que não é muito resistente à ferrugem, por isso deve ser muito bem seco após o uso.
  •  Aço Damasco: Este é um dos mais antigos e fortes. Eles seguram a borda muito bem e são muito duros e resistentes.
  • Titânio: as lâminas deste tipo de faca são muito resistentes, inoxidáveis ​​e leves.
  • Cerâmica: têm uma capacidade de corte imbatível. Não transmitem sabores, embora sejam facas muito delicadas, que se danificam facilmente.

O que procurar ao escolher uma faca de cozinha?

Antes de tudo, a primeira coisa é conhecer as partes em que é feita uma faca de cozinha.

Acima de tudo, aqueles que compõem a lâmina da própria faca:

  • A defesa: é a parte adjacente ao cabo, que ajuda a equilibrar o peso da faca e a proteger a mão.
  • A lombada: é a borda oposta à borda. Normalmente, as facas forjadas tendem a ter o dorso mais grosso, já que a parte de corte é chanfrada.
  • A ponta: o quarto da frente da folha. Com ele são realizados os trabalhos mais delicados.
  • A aresta ou aresta: é a parte com a qual é feito a maior parte do trabalho de corte.
  • Alvéolos : este é um complemento, que nem todas as facas possuem. São entalhes ovais ao longo da lâmina, que impedem que os alimentos grudem.

Quando compramos uma faca de cozinha, o peso e seu equilíbrio são questões importantes . Portanto, a lâmina é uma das partes essenciais e determinantes para esses dois aspectos. Desta forma, podemos encontrar dois tipos de lâminas de facas de cozinha:

  • Lâminas forjadas. Para fazê-los, o aço é incandescente e é golpeado com um martelo, seja manual ou hidráulico.
  • Folhas estampadas. Eles são obtidos pela fusão de diferentes metais para moldá-los com uma prensa de tonelagem. Estes são geralmente encontrados nas facas mais baratas.

O cabo ou cabo é uma das partes mais importantes depois da lâmina. Por isso, o material com o qual é feito é um aspecto ao qual devemos estar atentos. Podemos encontrar:

  • Punhos de madeira. Estes são um dos mais comuns e até tradicionais. A madeira, se for boa e bem acabada, é muito confortável.
  • Punhos emborrachados. É um revestimento de boa qualidade e macio ao toque. Estes são muito confortáveis ​​quando temos que trabalhar com a faca por muito tempo. Para evitar problemas com bactérias, recomenda-se que o material não seja poroso.
  • alças de metal Em termos de peso, tornam-se facas muito equilibradas. Embora, se estiverem molhados, devemos ter cuidado, pois podem escorregar enquanto os usamos.
  • Alças de plástico. Estes geralmente encontramos nas facas mais baratas. São os menos aconselháveis, pois não têm um peso equilibrado, o que dificulta a sua utilização se os utilizarmos durante muito tempo.
  • Cabos de polioximetileno. Um material muito resistente e duro.
  • Punhos de Micarta. É um material que se consegue com folhas de resina e papel ou tecido a alta pressão e temperatura para obter um material altamente resistente a choques, corrosão, temperatura e umidade.

    A forma como o cabo é inserido ou encaixado no cabo é outro aspecto a ser observado na hora de comprar uma faca de cozinha. Esta parte é conhecida como nervo ou espiga, e podemos encontrá-los de 3 tipos:

  • Espiga completa: a espiga está totalmente inserida no cabo. Essas facas normalmente têm 3 rebites no cabo para prender as peças do cabo em ambos os lados da espiga. Estas são as facas de melhor qualidade.
  • Espiga parcial: A espiga se estende até ¾ do cabo. Eles também costumam ter 2 ou 3 rebites para segurá-lo.
  • Espigão oculto: nestes casos o espigão é inserido no material que compõe o cabo e não pode ser visto.

Que tipos de facas de cozinha comprar?

Como temos dito, na cozinha podemos encontrar diferentes tipos de facas, que devem ser usadas dependendo do tipo de alimento com o qual queremos trabalhar. Se houver duas facas essenciais em qualquer cozinha, elas são:

  • Facas do chef: com ela você pode cortar e picar carne, frutas grandes e legumes. Podemos até usá-los para filé. Estes também são conhecidos como cebolinha.
  • Faca de renda: com ela você pode descascar, cortar e picar pedaços menores, como alho, por exemplo, com mais precisão. Eles também são conhecidos como facas de descascamento.

Que erros cometemos ao usar facas de cozinha?

Como regra geral, tendemos a negligenciar a nitidez de nossas facas de cozinha. Por esta razão, já não é tão eficiente e tendemos a forçar e pressionar o corte, colocando em risco a precisão e a nossa segurança. Ao contrário da crença popular, uma faca cega é mais perigosa do que uma faca de cozinha afiada.

Outro dos erros mais comuns com facas de cozinha é usar a mesma para diferentes usos e em superfícies inadequadas. Desta forma, a primeira coisa que sofre e é danificada são as bordas, novamente.

Também na manutenção das facas, muitas vezes cometemos erros. Portanto, é melhor realizar as seguintes indicações:

  1.  Nunca coloque facas na lava-louças. Devemos lavá-los à mão e secá-los muito bem.
  2.  Ao armazená-los, sempre em um bloco de madeira ou barra magnética para evitar que colidam.
  3.  Quando trabalhamos com eles, devemos fazê-lo em tábuas de madeira ou sintéticas, que amortecem o golpe.
  4.  Use maleta, se você tiver que transportá-los.

Esperamos que este guia tenha sido útil para você na escolha das melhores facas de cozinha.

Quando usar uma camiseta? Há um para cada ocasião

Você sabe quando usar camiseta ? Este deve ter um papel preponderante no seu guarda-roupa, com um modelo pensado para cada ocasião. A função desta peça vai muito além de fornecer calor no inverno, pois no verão absorve a umidade do corpo e evita que o suor penetre em nossas roupas externas. É também uma peça de vestuário essencial quando usamos camisas, para que não grudem no corpo; e evite coceira com certas roupas, como lã.

Veja também as melhores camisas de time para você.

Descubra quando usar uma camiseta e como acertar no design

Existe uma camisa perfeita para cada momento e ocasião. Mas como escolher nossa camiseta masculina? Como vimos, são muito mais do que um complemento para o frio. Agora, para que cumpra as funções mencionadas acima, temos que seguir algumas diretrizes que nos permitem saber qual devemos usar em cada ocasião.

Fazer esportes dentro de casa

A camisola interior pode ser a sua aliada perfeita quer faça desporto em casa ou no ginásio. Se você usa uma camiseta 100% algodão, saiba que esse tecido ajudará a absorver o suor e a umidade.

Mas para ter a garantia absoluta de que sua pele ficará ressecada, você pode optar pelas camisetas X-TEMP da Abanderado. Graças à sua tecnologia de termorregulação ativa, a umidade é completamente absorvida e expelida para o exterior.

Além disso, você pode usá-lo como uma camisa externa , pois ficará confortável durante o exercício e não reduzirá sua liberdade de movimento. Se preferir, também pode usá-lo por baixo da roupa superior que usa para praticar esportes. É tudo uma questão de gosto e como você se sente mais confortável.

Praticar esportes de inverno

Se você é apaixonado por esportes de inverno, como esqui ou snowboard, precisará de uma camiseta masculina que ofereça conforto e calor ao mesmo tempo. Para isso, as camisas térmicas são uma excelente solução, pois combinam as duas características.

As camisetas térmicas são confeccionadas em algodão macio, fibra de inverno ou fibra Termaltech. Concebidos para reter o calor do corpo ao mesmo tempo que permitem a transpiração, são o acessório perfeito se vai passar muito tempo ao ar livre em baixas temperaturas ou em situações de frio extremo. Além disso, você pode encontrar uma grande variedade de modelos e cores: manga curta, manga comprida; com decote redondo ou em V; em branco, cinza ou preto.

Subir na moto

Você costuma andar de moto no seu dia a dia? Se a resposta for sim, você provavelmente já sabe que manter o corpo bem protegido do vento é fundamental para manter a saúde e o conforto durante os trajetos. A sensação térmica ao andar de moto pode ser muito baixa, dependendo da velocidade e da temperatura externa.

Camisas de manga comprida podem ser suficientes para momentos em que não está muito frio, assim como camisas de manga curta para o verão. No entanto, as camisas térmicas são sua melhor opção se você for andar de moto no meio do inverno.

Trabalhar

E o trabalho? Se você trabalha em um escritório ou se o seu dia de trabalho envolve muita atividade física ao ar livre, a regata masculina é a opção mais confortável para o uso diário.

Se você trabalha em ambientes fechados, este tipo de camisa lhe dará o conforto que você precisa sob suas roupas externas. Isso evitará que roupas como camisas ou suéteres finos grudem no corpo e evitará que alguns tecidos, como a lã, cocem, pois não estão em contato direto com a pele.

Se, por outro lado, você trabalha ao ar livre, uma regata servirá para absorver o suor, regular a temperatura do corpo e proteger as costas do frio. Além disso, você pode usá-lo como uma peça única se estiver quente.

Estar em casa

A camiseta também pode servir como uma peça confortável e versátil para usar em casa. Você pode relegar para este uso aquelas camisetas que não são novas e às quais você quer dar uma segunda vida.

Se for verão, escolha um com mangas curtas ou alças; no inverno, opte por camisas de manga comprida. Tanto um como o outro cumprirão a sua função: manterão a temperatura do seu corpo para lhe oferecer o máximo conforto. Além disso, você pode escolher entre várias cores, para não esquecer seu estilo mesmo quando estiver em casa.

Dormir

Se você está procurando uma roupa confortável para dormir, não se esqueça da camiseta masculina. Ele irá mantê-lo em uma boa temperatura corporal durante a noite e oferecer-lhe conforto para descansar. Além disso, é uma alternativa perfeita para um top de pijama, principalmente no verão, quando o top é a opção perfeita para dormir bem .

Como você pode ver, saber qual camiseta masculina escolher em cada ocasião é essencial para aproveitar ao máximo essa peça versátil. Você já sabe qual você precisa e quando usar? Anote todos os designs que existem e prepare o seu guarda-roupa com um modelo de cada um.

As 15 regras da camisa perfeita

Suas camisas são famosas pela perfeição de seus cortes e acabamentos e também por quem as usa e quando as veste. O príncipe William a escolheu para o dia do casamento com Kate Middelton e Donald Trump optou por uma camisa de sua criação para a cerimônia de posse na Casa Branca.

Não temos sangue azul nem franja bufante, mas o alfaiate Angelo Inglese nos deixou 15 dicas de ouro para escolher a camisa perfeita. Porque há coisas que nunca chamam a atenção… até que seus defeitos sejam vistos de longe.

Veja também as melhores camisas de time com a melhor qualidade do mercado.

As 15 regras da camisa perfeita

O comprimento importa

As camisas de terno devem ser estritamente longas para que não saiam das calças. E de terno, ele sempre usa a camisa por dentro.

VÍDEO: Total sazonal parece ser o mais elegante

O pescoço sob controle

As extremidades do colarinho da camisa não devem sobressair sobre as lapelas do paletó. Nessa combinação de dois fatores, é fundamental que a relação entre a jaqueta e a camisa seja harmoniosa.

Desista do colarinho francês

É o mais comum, mas não o mais elegante. A gola britânica é mais fechada e dá rigor e a gola italiana é pura classe.

Coleiras de botão?

De acordo com Angelo, camisas de colarinho abotoado nunca devem ser combinadas com gravata. Se você decidir sobre eles, eles sempre vão sem nenhum complemento.

Abotoado ou com lenço

A camisa pode ser desabotoada, mas apenas quando usada com um blazer. Nesse caso, para dar um efeito mais elegante, Inglese nos recomenda usar um lenço de seda tipo Ascot amarrado no pescoço.

Camisa social (sem etiquetas)

dresscode formal pede um smoking com uma camisa com as pontas da gola viradas para cima, mais adequado com a gravata borboleta.

Camisa com gola Mao

Direto para a mala de férias, de preferência com bermuda e a bordo de um navio.

Colar de clube, o estilo antigo fica na moda

É a grande tendência, as camisas de gola redonda típicas dos anos 20 e 30. Sempre abotoada e com uma gravata listrada fina e você estará certo.

Camisa com babador

Se não for de smoking, não faz sentido e não fica elegante.

A camisa sob medida

É sempre a melhor opção porque o alfaiate saberá favorecer seus pontos fortes (e esconder seus defeitos) com as roupas… e você descobrirá que os botões da gola não são instrumentos modernos de tortura.

Camisa listrada: quando e como

Camisas com listras transversais ou oblíquas nunca devem ser usadas com terno. Especialmente se estivermos falando de camisas com gola contrastante.

As camisas estampadas malucas

A camisa fantasia é perigosa: nunca deve ser usada com terno. Segundo o alfaiate italiano, as camisas estampadas são para momentos bem casuais , por exemplo, para ir à discoteca.

Como devem ser os botões?

Os botões da camisa devem ser sempre em madrepérola, em cores claras e melhor planas.

O toque de alfaiataria

Para um ajuste perfeito, a camisa deve ter um garfo de ombro com costura dupla.

E se os botões estiverem cobertos?

A camisa com os botões forrados ou falsos só é recomendada quando usada com gravata borboleta.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Como escolher uma bicicleta de montanha

Se você está pensando em trocar sua mountain bike, MTB , com certeza já tem em mente algumas das características que espera dela. Mas se você vai começar no mountain bike , e não tem muita noção desse mundo, entrar na compra de uma mountain bike pode ser um desafio e tanto, até estressante.

Por isso, neste artigo queremos dar uma série de dicas que todos gostaríamos de ouvir no primeiro dia em que procuramos qual mountain bike comprar.

DEIXE-SE ACONSELHAR POR ESPECIALISTAS

Como já mencionamos, ninguém nasce sabendo, e todo ciclista experiente sabe que errar na hora de comprar a primeira mountain bike é muito fácil. Por esta razão, recomendamos que se deixe aconselhar por pessoal especializado especializado em bicicletas .

Não esqueça antes de tudo contratar o melhor seguro para a sua montain bike clicando aqui.

CONSIDERE O SEU ESTILO DE CONDUÇÃO

Outro dos aspectos fundamentais na hora de escolher a mountain bike correta é ter em mente o uso que vamos dar a ela . Dentro do mountain bike existem basicamente 4 estilos, então dentro do MTB podemos fazer essa mesma distinção:

Pelo país

É a modalidade de BTT mais praticada e caracteriza-se principalmente pela diversidade de terrenos que percorrem ao longo do percurso. As subidas e a velocidade predominam, deixando as descidas em segundo plano. Para esse tipo de percurso, o mais recomendado é uma mountain bike leve, com suspensão dianteira . É por isso que os quadros geralmente são construídos com alumínio, fibra de carbono na melhor das hipóteses. Ao mesmo tempo, são recomendados guidões curtos, que facilitam as subidas e possuem maior aerodinâmica. Por outro lado, a sela costuma ser mantida alta, já que a subida predomina neste tipo de percurso.

Downhill

Também conhecido como downhill, esta é a modalidade mais agressiva e arriscada do mountain bike . Consiste em descer, no menor tempo possível, um declive que foi modificado pela ação humana para torná-lo ainda mais complicado e, ao mesmo tempo, atraente. É um esporte que ganha adeptos a cada ano, e que aqui em Granada pode ser praticado com facilidade .

As características para uma bicicleta de downhill adequada são :

  • Suspensão dupla, essencial para tornar a descida mais confortável para o ciclista
  • Uma estrutura robusta, na maioria dos casos de alumínio, fibra de carbono no caso de profissionais
  • O guidão é alto, até duplo, o que facilita a direção e maior controle da moto em terrenos íngremes.

Por último, mas não menos importante, o selim é mantido baixo, pois o ciclista não precisa pedalar durante a corrida ou percurso.

Freeride

É um estilo de mountain bike que se caracteriza por truques e saltos arriscados . O ciclista deve descer uma ladeira, seja natural ou artificial, para então realizar manobras com a bicicleta. É um esporte bastante estético e arriscado, mas isso não impede que ganhe adeptos.

As características da bicicleta freeride são as seguintes:

  • Quadro robusto, embora realmente dependa da preferência pessoal de quem vai conduzi-lo
  • A suspensão deve ser em dobro, pois são esperadas quedas significativas após a realização das piruetas

TAMANHO IMPORTA

Assim como quando você vai comprar roupas leva em conta o tamanho, na hora de comprar uma mountain bike acontece a mesma coisa. O comprador procura estar confortável e evitar lesões que possam aparecer a longo prazo, por isso o mais sensato é procurar aconselhamento de alguém que seja especialista na área que não vai errar na hora de escolher o tamanho da bicicleta .

OS COMPONENTES ANTES DA MARCA

Antes de se deixar levar por marcas, cores ou formas, o que realmente recomendamos é que você compre a BTT com os componentes que melhor se adequam às suas necessidades e tipo de pilotagem. Sabemos que entrar no mundo dos componentes para bicicletas pode ser arriscado, por isso selecionamos os principais componentes a ter em conta na hora de comprar a bicicleta de montanha perfeita.

Tipo de suspensão para uma bicicleta de montanha adequada

Recomendamos que para uma bicicleta de montanha, especialmente para o terreno variado que Granada apresenta, é melhor optar por uma suspensão dupla .

Dentro das mountain bikes, podemos diferenciar entre suspensão dupla, suspensão dianteira ou fixa. Este último torna a bicicleta mais leve e, portanto, mais eficiente na pedalada, mas torna as descidas muito desconfortáveis. Além disso, é altamente desaconselhável para terrenos íngremes.

Portanto, embora uma suspensão total torne a mountain bike um pouco menos econômica, os benefícios em conforto ao amortecer as vibrações serão mais do que compensados .

Tipo de freio para uma mountain bike adequada

O mais recomendado para uma mountain bike é que você escolha freios a disco , sejam hidráulicos ou mecânicos, pois é a opção mais sensata para descidas ou para terrenos que você provavelmente encontrará molhado.

É normal encontrar freios v-brakes em bicicletas mais básicas, mas eles perdem poder de frenagem nas descidas e perdem potência quando molhados, um risco que deve ser evitado. Tipo de pneu para uma mountain bike adequada Para uma mountain bike, recomendamos rodas sem câmara, também chamadas de sem câmara.

Estas apresentam uma maior complexidade ao montá-las, mas isso é compensado por um maior desempenho em comparação com as rodas com tubo. Ao mesmo tempo, é importante ter em mente a pressão de enchimento correta para a bicicleta, pois não queremos ter um furo ou desgaste excessivo dos pneus.

COMECE COM UMA BICICLETA BÁSICA E SEJA ESCALADA

Por fim, uma das melhores dicas que podemos dar se você é iniciante é optar pela mountain bike que melhor atenda às suas expectativas, bem como melhor se adapte ao seu orçamento e, à medida que for ganhando experiência, aprimore-a com diferentes componentes.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Como criar uma sequência de emails persuasiva com técnicas de Copywriting

A maioria das empresas que investem em Marketing Digital trabalha muito para conseguir novos inscritos em nossas listas de e-mail.

Com anúncios no Facebook Ads, Google Ads, E-books, Vídeos, com uma Agencia de link building e outros tipos de materiais com o objetivo de aumentar a lista de leads.

Então, quando recebem a notificação de que novos leads estão ingressando em suas listas, comemoram pois a sensação que as coisas estão dando certo é enorme.

E depois?

Bem, nada acontece.

De nada importa milhares de leads se sua empresa não consegue converter em clientes. Nenhuma mudança real além de um aumento na contagem de leads vai gerar os resultados que toda empresa deseja.

Aqui está o porquê:

Conseguir um novo lead é apenas metade da batalha. Se você deseja sucesso comercial sustentável, precisa de sistemas estratégicos para transformar esses novos leads em leitores engajados e, principalmente, em clientes pagantes. É literalmente entender como funciona a Psicologia de Vendas.

A maneira mais inteligente e simples de fazer isso? Uma sequência uma sequência persuasiva e estratégica de emails e entrega de real valor a estes leads.

Conheça uma verdadeira Agência de SEO è webtrends.net.br/agencia-de-seo

 

O que é uma sequência de emails?

Simplesmente, uma sequência de emails boas-vindas é uma série automatizada de e-mails de marketing que um novo lead recebe quando entra na sua lista.

É um processo sistematizado para dar as boas-vindas aos leads e iniciar um forte relacionamento, ajudando você a:

  • Aquecer novos leads;
  • Estabeleça quem você é e o que tem a oferecer;
  • Fazer vendas no piloto automático;
  • Tornar-se inesquecível para que as pessoas continuem querendo abrir seus e-mails a longo prazo;

O que é ENORME, porque a atenção é a mercadoria mais preciosa que você tem, como profissional de marketing ou empresário.

E o melhor de tudo? As sequências de boas-vindas são automatizadas. Você escreverá seus e-mails de sequência de boas-vindas uma vez, e eles continuarão saindo e aquecendo todos os novos leads a partir de agora até o fim dos tempos.

 

Para empresários ocupados que desejam um retorno maior de seus esforços, uma sequência de boas-vindas é um uso super inteligente do seu tempo.

 

Invista 80% do tempo nas Headlines

Eu sei que para alguns isso pode parecer clichê, mas o fato é que as Headlines (títulos) são a parte mais importante de sua estratégia.

E, embora seja muito mais curto do que o restante, compensa dedicar 80% do seu tempo para criar Headlines matadoras para sua sequência.

É através do título que a pessoa decide se ela vai abrir ou não suas mensagens. Então você precisa ser interessante e usar o maior número de gatilhos possíveis.

Abaixo 8 estratégias para ajudar você a criar uma sequência de emails persuasiva que transforma novos leads em clientes de longo prazo:

 

  1. Realize-se com suas expectativas

Abraham Lincoln disse:

“Dê-me seis horas para cortar uma árvore e eu vou passar os quatro primeiros afiando o machado.”

Pense na sua sequência de emails como uma forma de afiar o machado. Isso tornará tudo o que você faz mais forte, mais fácil e muito mais eficaz.

Sua sequência de emails é uma ferramenta para iniciar um relacionamento sólido – cheio de empatia, confiança e autoridade – com cada novo lead, automaticamente. Isso pode gerar vendas, mas ganhar dinheiro definitivamente não é seu objetivo principal.

A menos que não queira conquistar clientes de longo prazo.

Segundo um estudo da Bia Kelsey, 61% das pequenas e médias empresas geram mais da metade de sua receita de clientes recorrentes, em vez de novos negócios. E um cliente recorrente gasta 67% mais que um novo.

Sua sequência de emails é uma estratégia de longo prazo para criar clientes de longo prazo.

Portanto, em vez de obter vendas rápidas e baratas, reduza o zoom da lente e pense em algo maior. Estamos criando relacionamentos fortes e genuínos que levam a vendas consistentes ao longo da vida de um cliente.

 

  1. Primeiro faça um mapeamento

Uma sequência de emails é uma ferramenta de negócios estratégica e ponderada. Portanto, vale a pena reservar um tempo para mapear sua sequência primeiro.

Como um Copywriter, 50% ou menos do meu tempo realmente é escrevendo. A maior parte é gasta em estratégia geral e planejamento intencional de campanhas.

Como você mapeia sua sequência de emails? Você começa com seus dois pontos de dados conhecidos:

  • Ponto A: de onde um lead está começando (sua isca )
  • Ponto B: onde você deseja que um lead termine (não sabe para onde deseja que os leitores vão? Continue lendo, aprofundaremos isso daqui a pouco.)

Agora vem a parte mais interessante: como você faz a ponte entre o ponto A e o ponto B?

Mantenha-o simples e decida apenas uma meta clara para cada e-mail em sua sequência de emails.

Talvez você queira criar um relacionamento compartilhando uma dica útil. Talvez você queira compartilhar uma história pessoal para mostrar vulnerabilidade. Talvez você queira deixar um ponto de credibilidade para aumentar sua autoridade.

Mapeie sua sequência para uma jornada, do começo ao fim, que faça sentido e ajude um novo lead a conhecer, gostar e confiar em você.

O mapeamento de sua sequência de email do começo ao fim melhorará a experiência do lead, além de facilitar a gravação dos seus e-mails.

O mapeamento não apenas melhorará a experiência do lead, como também facilitará a redação real dos seus e-mails.

 

  1. Mostre seu lado humano

Gostamos de abrir e-mails de pessoas que conhecemos. Nós odiamos abrir e-mails de empresas sem graça ou propagandas.

Imagine duas mensagens na sua caixa de entrada. Você tem mais chances de abrir…

Um e-mail do seu amigo intitulado “vai adorar isso?”…

Ou um de uma loja de roupas intitulada “É hora de estocar sapato chinês?”

Amigos e familiares enviam conteúdo relevante e agradável para o consumo. (Normalmente. Todos nós temos aquele tio estranho que envia muitas mensagens chatas). As empresas tendem a enviar mensagens brandas e egoístas que não acrescentam nada a nossas vidas.

É por isso que você deve usar sua sequência de emails para se tornar alguém que os leads conhecem, em vez de apenas mais um email de marketing em suas caixas de entrada. Isso os faz vê-lo mais como um amigo do que como uma empresa.

Mesmo se você for de uma empresa maior, ainda poderá criar uma conexão humana em seus e-mails. Se possível, envie sua sequência de emails de uma pessoa, como CEO, fundador ou gerente de marketing, para que o novo lead tenha uma pessoa para se conectar.

Usamos na Webtrends três estratégias principais para criar elementos humanos nos emails:

  • Posicionamento da marca. É essencialmente assim que um leitor “ouve” sua mente. Uma maneira rápida de conquistar o posicionamento da sua marca é escolher algumas palavras-chave e frases para repetir intencionalmente em toda a sua sequência de emails. No final de seus sete e-mails, essa repetição ajudará os leitores a reconhecer o que sua empresa se propõe a fazer.
  • Histórias. Inclua histórias pessoais para mostrar que você é um humano. Não gostamos apenas de ver o produto acabado brilhante, queremos ver os níveis brutos não polidos no meio. Mostrar vulnerabilidade e horários em que você se esforçou é uma das maneiras mais poderosas de se conectar à sua sequência de emails. Histórias conectam pessoas mais do que qualquer outro tipo de abordagem.
  • Detalhes de quem você é. Esses e-mails não são estritamente comerciais – lembre-se, o principal objetivo é criar uma conexão. Oferecer detalhes específicos sobre o que você gosta, o que não gosta e fatos peculiares sobre você é uma ótima maneira de adicionar profundidade humana aos seus e-mails. Os leitores gostam de exemplos tangíveis com os quais podem se conectar.

 

  1. Escolha tópicos interessantes

Quando se trata de sua sequência de emails, não pense no que você diz ou deseja dizer. Pense no que os leads querem aprender.

Aqui estão algumas perguntas para ajudar você a ter ideias de conteúdo convincentes para sua sequência de emails:

  • Quais problemas ou desafios os leads têm?
  • Que crenças atualmente os impedem?
  • O que os estressa diariamente?
  • O que eles realmente querem (por exemplo: muito medo de falar em público)?
  • Do que eles têm medo?
  • O que eles desejam poder fazer?
  • Por que eles se inscreveram na sua lista? O que eles querem de você?
  • Leve suas respostas acima e crie conteúdo que fale diretamente sobre esses tópicos.

 

Para alguns iniciantes:

  • Dê uma dica para resolver um dos maiores e mais irritantes problemas que seu lead possui;
  • Faça uma analogia para ajudar a reformular e mudar as crenças;
  • Fale abertamente sobre possíveis objeções e mostre como elas podem ser superadas;
  • Passo a passo um estudo de caso mostrando como alguém conseguiu o que os leads desejam;

Basear o conteúdo da sequência de emails em torno de problemas, vontades e medos verdadeiros é a melhor maneira de criar uma conexão real e mostrar aos leitores que você os entende.

 

  1. Prove a si mesmo

Uma das belezas de sua sequência de emails é que você não precisa colocar tudo de uma só vez. Você tem vários e-mails para estabelecer as bases para uma forte relação com seu público.

Queremos que novos leads o vejam como um especialista confiável quando sua sequência de emails terminar. Comece listando todos os pequenos pontos de prova que mostram que você é uma autoridade.

Aqui estão alguns exemplos (escolha os que funcionam para você):

  • Número de anos de experiência em seu setor;
  • Educação;
  • Número de clientes com quem trabalhou;
  • Número de projetos concluídos;
  • Títulos que conquistou;
  • Número de leads, seguidores, etc;
  • Quaisquer clientes ou projetos notáveis ​​com os quais você trabalhou;
  • Entrevistas no YouTube ou podcast;
  • Poderosos depoimentos de clientes;

Agora, volte ao seu mapa de sequência e intencionalmente espalhe um ou dois pontos de prova social em cada email.

Quando você os usa casualmente nos seus e-mails, nunca parece orgulhoso ou pretensioso. Mas até o final de sua sequência, você terá acumulado um alicerce de credibilidade e os leads olharão para você como um verdadeiro especialista.

 

  1. Facilite a leitura

Queremos que sua sequência de emails seja fácil e divertida para os leads consumirem. Há uma razão muito científica para isso.

Porque não lemos e-mails que não são fáceis de ler. 🙂

Para manter os globos oculares descendo a página (ou, mais provavelmente, na tela do smartphone), siga estas práticas recomendadas para a legibilidade do email:

  • Mantenha 1-3 frases por parágrafo.
  • Use um bom espaçamento entre parágrafos e margens amplas. Mantenha seu corpo de e-mail com cerca de 600px de largura, no máximo.
  • Use um tamanho de fonte grande que seja fácil de ler. Escreva em texto em preto sobre fundo branco.

Estilize seu texto com negrito, itálico, maiúsculas, traços, elipses e texto colorido para adicionar interesse à sua escrita. Qualquer maneira de impedir que seus e-mails pareçam iguais demais manterá os leitores descendo a página.

 

  1. Seja consistente e claro

O sucesso de sua sequência de emails depende do princípio da psicologia do condicionamento clássico. Basicamente o condicionamento clássico mostra que, se você emparelha repetidamente duas coisas não relacionadas, elas assumem um significado semelhante.

O condicionamento clássico é o motivo pelo qual meu cachorro fica louco quando abro a porta do armário onde fica a comida.

Queremos fazer o mesmo com seus e-mails.

Seu nome + conteúdo valioso = leads que ficam loucos * quando vêem um e-mail seu nas caixas de entrada.

Para que o condicionamento clássico funcione, os dois estímulos precisam ser pareados com frequência. Se eu mantivesse a comida do meu cachorro em um lugar diferente todos os dias, ele não iria pular quando eu abrisse um armário em particular.

É por isso que recomendo enviar sete e-mails, sendo um por dia, para sua sequência de emails. Você combinará um bom conteúdo com o seu nome com frequência suficiente para criar uma conexão forte.

Contanto que você escreva e-mails sobre assuntos importantes para os leads, eles ficarão felizes contentes em receber um email seu. Você ficaria emocionado por ter um amigo em sua caixa de entrada diariamente com dicas e histórias que melhoram sua vida, certo? Seus leads são iguais.

Além disso, o envio de uma sequência de emails de uma semana faz com que você pareça um profissional de verdade. E não é assim que você deseja que todos os novos inscritos o vejam?

Você também deseja incluir uma nota no início da sua sequência de emails sobre a frequência com que os leitores receberão notícias suas. Isso permite que você mostre que você é confiável, fazendo o que você diz que fará quando diz que fará.

Você pode usar algo simples como:

Toda terça-feira, envio um boletim de conteúdos semanal cheio de truques inteligentes para ajudá-lo a comer alimentos orgânicos de acordo com o orçamento. E nos próximos dias, você receberá minhas dicas sobre como economizar dinheiro e fazer comida deliciosa e saudável para sua família.

Quando sua sequência de emails terminar, os leitores deverão receber transmissões regulares, juntamente com o restante da sua lista. Enquanto você estiver enviando sua lista regularmente (pelo menos semanalmente), essa transição parecerá natural.

Como tudo no marketing digital, é importante testar você mesmo! Diferentes marcas e públicos-alvo podem ter ritmos diferentes que funcionam melhor para suas sequências de email.

 

  1. Termine com um tom positivo

Embora vender não seja o objetivo nº 1 de sua sequência de emails, você deseja treinar os leads a esperar que você faça ofertas periodicamente.

É por isso que você deseja encerrar sua sequência de emails com um tom positivo.

Pergunte a si mesmo: qual é a oferta mais relevante para apresentar a alguém que era um completo estranho sete dias atrás?

Aqui estão algumas ofertas eficazes para apresentar no final de sua sequência de emails:

  • Seminário on-line gratuito
  • Ebook
  • Master Class
  • Programa digital de custo baixo
  • Treinamento em áudio
  • Guia PDF
  • Curso em vídeo

O compartilhamento deste produto / serviço fortalecerá o relacionamento entre você e seu novo cliente? Então compartilhe.

Lembre-se, sua sequência de emails é apenas o começo.

Quando você tem uma sequência de emails, você tem uma ferramenta que afia seu machado, para que cada giro futuro corte mais limpo. Você aquecerá novos leads e criará um forte senso de confiança. Você terá uma primeira impressão altamente profissional para cada nova pessoa que entrar no seu mundo.

E o melhor de tudo, você fará isso automaticamente.

Visite: webtrends.net.br/comprar-backlinks

Como escolher a Camisa Social Ideal

Escolher uma camisa social pode ser uma das coisas mais complicadas para nós. Quantas vezes fomos à loja e demoramos mais de 2 horas para decidir sobre esta ou aquela. Não é uma tarefa fácil, não. Mas aqui vou compartilhar com vocês as melhores  dicas , para que a tarefa de escolher uma camisa social fique mais fácil. Você quer a camisa perfeita? Fique conosco.

Aproveite e veja também as melhores camisas de time do mercado.

Como escolher a Camisa Social Ideal

Existem alguns aspectos que você deve levar em conta na hora de escolher a camisa ideal, seja para combinar com jeans ou terno. Vamos ver quais são os critérios que você deve levar em conta ao selecionar sua camisa para cada ocasião.

A Cor

Identifica o motivo da compra da camisa . É para trabalhar, ou para te ver mais fashion ? Se você vai a uma entrevista de emprego, está sempre na moda usar cores tradicionais, como branco, azul claro e até cinza. Se o que você quer é usar uma camisa como algo mais fashion, escolha cores mais lúdicas – e que você goste, claro – como rosa, algum tom de laranja, ou algum tom de verde.

Lembre-se que o preto é uma cor que sempre fica bem, é elegante e é simples de combinar, então você deve ter algumas camisas pretas no armário, com certeza.

O Motivo

Escolha camisas simples ou com algum motivo. A vantagem das camisas lisas é que você pode combiná-las com quase tudo que você tem. Já as camisas forradas são mais difíceis de combinar, principalmente com gravatas.

Lembre-se de que as camisas com motivos ou padrões sempre serão mais complicadas de combinar, por isso você deve ter certeza de que terá o complemento ideal para elas.

O Estilo

Você quer uma camisa de alfaiataria , mais justa ao corpo ou mais folgada? Você vai usar o colarinho preso com gravata, ou não? Camisas slim geralmente são mais justas no peito.

As tradicionais são mais soltas, enquanto as atléticas são as mais apertadas de todas (destinadas a pessoas com bom físico).

O Pescoço

Existem dois tipos de coleiras, as tradicionais e as abertas. Nas tradicionais as pontas da gola ficam mais próximas, mais próximas dos botões da gola. Em pescoços abertos, as pontas são mais afastadas. Alguns consideram pescoços largos como para jovens.

A Gravata

As camisas sociais serão sempre acompanhadas de gravatas. Escolha um que combine, o que você mais gosta. Se a camisa for lisa você pode brincar um pouco mais com o desenho da gravata. Se sua camisa tiver linhas, você pode escolher uma gravata simples.

Esperamos que essas dicas sejam de grande ajuda para você na hora de comprar suas camisas. Você verá que se souber escolhê-los, estar na moda e estiloso será muito mais simples.

Confira mais conteúdos em nosso site. Aproveite e compartilhe em suas redes sociais. Alguma sugestão no que podemos melhorar? Deixe nos comentários.

Colar ou pulseira de âmbar, qual escolher para o bebê?

Uma resina fossilizada de florestas de coníferas, o âmbar é uma pedra preciosa cuja aparência remonta a milhões de anos. A pedra âmbar é conhecida em todo o mundo por tratar ou prevenir várias doenças. Algumas civilizações antigas e medievais o usavam como um talismã protetor.

Hoje em dia, é um excelente remédio para o bebê aliviar a dor de dente. O âmbar infantil está disponível no mercado na forma de pulseira e colar. A questão que atualmente anima o debate é saber qual colar ou pulseira de ambar é a joia mais confortável e adequada para o seu bebê. Para melhor comparar essas duas joias, é bom primeiro identificar as virtudes do âmbar.

As virtudes do âmbar

Com o âmbar, pode ser usado para curar e prevenir várias infecções, distúrbios, doenças e patologias. Ao toque do corpo, o âmbar fluidifica a circulação sanguínea e promove o bem-estar. 

Também é conhecido por livrar o corpo de impurezas. Por meio do âmbar, os terapeutas de medicina natural conseguem tratar distúrbios respiratórios como asma, gripe, tosse e resfriado. 

Pode-se também curar a maioria das dores de garganta com âmbar. De fato, as propriedades virtuosas da pedra âmbar podem aliviar os indivíduos que sofrem de angina, faringite e laringite. O âmbar também possui propriedades terapêuticas que ajudam a acalmar indivíduos que sofrem de reumatismo.

A pedra âmbar é geralmente usada para os bebês, a fim de ajudá-los a se defenderem dos vários distúrbios relacionados aos seus dentes. A partir do 5º ou 6º mês, os recém-nascidos passam por uma fase agitada de crises composta por diferentes infecções e distúrbios físicos.

Vários depoimentos atestam a eficácia das virtudes do âmbar na criança durante a dentição. Usar âmbar para o seu filho está, portanto, ajudando-o a encontrar um certo bem-estar e a passar pelo delicado período da dentição sem muitos problemas. Melhor, o âmbar permite que a criança encontre um sono tranquilo graças à sua capacidade de melhorar o sono.

Esta pedra preciosa também estimula o sistema imunológico da criança cujo organismo se defende melhor contra patologias. Existem duas opções para usar esta pedra nos bebês: você pode colocar um colar de âmbar ou uma pulseira de âmbar nele. Para saber qual das duas joias é melhor, é preciso compará-las.

As vantagens e desvantagens do colar de âmbar

Colocar um colar de ambar para bebe evita que ele se divirta com suas pérolas. Uma vez que está preso ao pescoço do bebê, as possibilidades de removê-lo ou quebrá-lo são limitadas. Além disso, o colar possibilita atuar de forma eficaz na dor de dente, pois o âmbar está em uma posição estratégica próxima aos dentes.

No entanto, o colar tem suas desvantagens. Apresenta certos riscos de acidentes. Durante os movimentos do bebê, o colar pode se agarrar a um objeto e causar um estrangulamento potencialmente fatal.

As vantagens e desvantagens da pulseira de âmbar

A pulseira de âmbar do bebê geralmente é usada no pulso ou no tornozelo do bebê. É mais prático e não admite o risco de acidentes perigosos em caso de engate do fio da pulseira com um objeto.

No entanto, a pulseira de acordo com algumas mães não aliviaria efetivamente a dor de dente. Segundo eles, o âmbar seria mais eficaz no pescoço do que no pulso ou tornozelo. Além disso, o bebê pode se divertir facilmente com a pulseira que tem à mão. Ele pode assim destruí-lo e até engolir as pérolas. Esta última eventualidade pode causar-lhe sérios problemas.

No geral, quer escolha o colar ou a pulseira de âmbar para o seu bebé, não se esqueça de cercar a sua opção com todas as medidas de segurança para evitar possíveis incômodos.

Poder em assembleias gerais: definição e aplicação

Como proprietário, é importante se envolver na vida do condomínio. Para isso, basta comparecer à assembleia geral, participar nos debates e votar as várias deliberações da ordem do dia.

Dar o seu poder permite-lhe ser representado mesmo em caso de ausência e continuar a expressar a sua opinião sobre os assuntos em curso no edifício.

O que é um poder em assembleia geral?

Assim que você possui um imóvel, você é coproprietário e automaticamente faz parte do sindicato do condomínio. O sindicato dos condôminos é uma pessoa jurídica com personalidade jurídica: inclui todos os condôminos de um prédio.

Como proprietário, você pode se expressar sobre os assuntos do edifício durante a assembleia geral anual. Com efeito, o síndico da compropriedade deve convocar pelo menos uma assembleia geral por ano.

No entanto, pode acontecer que um co-proprietário não possa participar de uma assembleia geral. A lei estabeleceu um sistema para oferecer aos proprietários a possibilidade de nomear um terceiro para representá-los nesta assembleia geral. Para isso, o proprietário dá um procurador à pessoa de sua escolha para votar em seu nome no dia da assembleia geral.

O procurador exerce o seu poder votando e participando nos debates da assembleia geral. Ele também pode concorrer à eleição para o conselho sindical em nome do co-proprietário ausente.

Há no mercado, sistema de gestão de condomínios disponíveis que possibilitam a organização e divulgação da assembleia geral nos condomínios. 

Como dar o seu poder na assembleia geral?

Em caso de ausência a uma futura assembleia geral, o proprietário pode optar por ser representado por uma pessoa da sua escolha. O agente fiduciário deve enviar uma procuração ao mesmo tempo que a convocação da assembleia geral.

Isso é chamado de “mandato”. O proprietário deve preencher este formulário e enviá-lo por carta simples ou em mão ao seu mandatário antes da realização da assembleia geral.

Assim, o mandatário pode entregar a procuração ao presidente da mesa no dia da assembleia geral. O documento também pode ser enviado por e-mail diretamente ao síndico da co-titularidade.

Dando seu poder: as regras para a nomeação de um procurador

Quem pode receber poderes?

Deve ser pessoa física, proprietária ou não do prédio. Por outro lado, é vedada a designação de agente pertencente à comitiva do síndico de compropriedade.

Esta proibição também é válida no caso de um administrador voluntário ou de um administrador cooperativo.

Até quantos poderes um representante pode receber?

Em princípio, um agente não pode ter mais de três procurações. O objetivo dessa limitação é reduzir a influência desse representante durante as votações nas assembleias gerais. No caso de uma única pessoa ter recebido muitos poderes, ele é obrigado a delegá-los a um terceiro.

Há, no entanto, uma exceção à regra

Se o total de poderes representar menos de 10% dos votos, o representante manterá mais de três poderes. O voto pessoal do representante, se for sócio proprietário do prédio, também conta no cálculo do percentual de votos.

Dando seu poder em uma assembleia geral: instruções de voto

Ao ceder os seus poderes, o co-proprietário também pode enviar instruções de voto ao seu agente. Para isso, basta informar ao procurador se vota “a favor” ou “contra” cada deliberação da ordem do dia. Este documento será apresentado juntamente com o mandato ao administrador no início da assembleia geral.

No entanto, é recomendado que você escolha uma pessoa confiável que respeite essas instruções como seu agente. Com efeito, nenhuma lei obriga o representante a seguir as recomendações do co-proprietário. Ele pode, portanto, se desejar, ir contra as instruções de voto deixadas pelo seu diretor.

A armadilha do poder branco

O poder branco tem a particularidade de que o principal não pode escolher seu agente. Esta solução é oferecida aos proprietários que desejam ser representados, mas que não encontraram ninguém para designar. O poder é então “branco” e deve ser dado ao administrador.

Como lembrete, é proibido nomear o administrador ou alguém próximo a ele como agente. Assim, este se vê obrigado a confiar esse poder a um terceiro.

Geralmente, a escolha recai sobre o presidente do conselho sindical ou um conselheiro sindical. Caso o conselho sindical não tenha um presidente, o poder branco pode ser dado ao presidente da reunião.

Poder e voto por correspondência: quais são as diferenças?

O voto por correspondência é um sistema oferecido aos proprietários que não podem estar presentes na assembleia geral, quer seja presencial ou por videoconferência. Neste caso, o co-proprietário votará antes da assembleia geral. Dessa forma, ele tem a certeza de que suas intenções de voto serão respeitadas.

A votação por correspondência é um procedimento muito simples. Basta preencher o formulário anexo à convocação com os seus votos para cada deliberação da ordem do dia.

Depois de datado e assinado, o formulário deve ser recebido pelo administrador três dias úteis, último prazo, antes da realização da assembleia geral. O envio pode ser feito por correio simples mas aconselha-se vivamente o envio por carta registada com aviso de receção. Caso seja possível o envio por e-mail, considera-se que o formulário foi recebido no mesmo dia do envio.

3 dicas para manter os pelos do cachorro sempre bonitos

Não há quem discorde que cachorros são nossos grandes companheiros. Por isso, é importante que sempre busquemos mantê-los saudáveis, limpos e bonitos. Cuidados com a saúde, com a higiene, antipulgas e com bem-estar do cãozinho devem ser sempre tomados com dedicação e carinho. 

Entre todos esses cuidados, uma preocupação muito comum é sobre os pelos do cachorro. Como mantê-los bonitos? É inegável que o cachorro com pelos bonitos e bem cuidados é um cachorro saudável, afinal de contas, uma boa aparência caminha junto com boa saúde também entre nossos amigos caninos. Por isso, vejamos algumas dicas que podem ajudar a deixar os pelos do cachorro sempre bonitos.

Cuide da alimentação e suplementação do cão

A alimentação é a chave para a saúde do cãozinho. É através dela que os nutrientes entram no corpo e cumprem suas diversas funções em todo o corpo. Sendo assim, uma alimentação balanceada também vai manter os pelos do cachorro saudáveis.

Por isso, é importante ficar atento à composição do alimento que está sendo dado ao cãozinho. Proteínas e Vitamina A são importantes aliados ao crescimento dos pelos do cachorro. É importante que haja um teor de gordura, pois o déficit de Ômega 6 pode prejudicar o crescimento dos pelos.

Pelos opacos e em queda podem ser sinais de uma alimentação desequilibrada. Se a alimentação do cachorro está balanceada, com comida fresca e bem armazenada, ele terá um crescimento de pelos saudável e bonito. 

Caso seja necessário, pode ser inserida suplementação na alimentação do cãozinho. Alguns suplementes já são preparados para melhorar a saúde dos pelos do cachorro, e também existem outras suplementações, como vitaminas. O importante é se consultar com um veterinário para encontras as melhores opções.

Cuide bem da hora do banho

Dos cuidados com a higiene, a hora do banho é uma das mais importantes para a saúde dos pelos do cachorro. É na hora do banho que a sujeira vai embora e alguns produtos podem ser aplicados. Alguns cuidados que podem ser tomados na hora do banho incluem:

  • Utilize produtos adequados: xampus, cremes e hidratantes devem ser adequados para pets, pois têm os nutrientes necessários para a saúde da pele e dos pelos do cachorro. Além disso, procure produtos que sejam adequados ao tipo de pelo do seu animal.
  • Enxágue e seque com cuidado: após passar os produtos, enxágue bem e depois seque o cãozinho levemente com cuidado, usando uma toalha limpa e macia.
  • Use secador e escova: da mesma forma que cuidados dos nossos cabelos, é importante usar secador e escova nos pelos do cachorro. Nesse momento, é importante ficar atento aos nós que podem existir entre os fios, e desembaraçá-los com cuidado. 

Entre esses cuidados, é importante verificar a temperatura do secador, que não pode ser muito alta. Deve-se checar se todo o pelo está devidamente seco e desembaraçado.

Consulte sempre o veterinário

As dicas acima são essenciais para manter os pelos do cachorro fortes e bonitos. Além disso, as consultas ao veterinário precisam ser frequentes. É o médico veterinário que determinará a alimentação mais adequada, os produtos necessários que devem ser aplicados nos pelos e tratamentos de saúde para que o cachorro seja saudável em todos os aspectos. 

O cachorro com os pelos saudáveis e bonitos aparenta ser mais feliz, disposto e ter mais saúde. Não deixe de cuidar dos pelos do seu companheiro, ou dos animaizinhos que trabalham com você. 

Por que os cachorros se chacoalham?

Cachorros se chacoalham o tempo todo. É um dos comportamentos mais mencionados pelas pessoas quando pensam nos cães. Tal qual o latido, a disposição e as lambidas, o chacoalhar também é, na maioria das vezes, inofensivo e saudável, e faz parte de sua natureza. 

Algumas vezes, dependendo dos motivos e da frequência do chacoalhar, pode ser preocupante. Por isso é importante entender como e por que os cachorros se chacoalham para ajudá-los da melhor forma, caso seja necessário.

Quando os cachorros se chacoalham?

O momento mais comum em que os cachorros se chacoalham é quando estão molhados. Após o banho, ou quando se molham por outros motivos, eles se sacodem para tirar o excesso de água dos pelos. Esse comportamento é natural e faz parte do autocuidado que os cães têm consigo. 

A reação a presença de algo nos pelos se estende da água a outros componentes, como poeira, lama, animais que pousam em seu corpo, plantas e outros corpos diferentes que podem causar incômodo. Ou seja, os cachorros se chacoalham para eliminar o que pode estar em seus pelos.

Esse comportamento natural surgiu no passado, antes da domesticação dos cães, quando eles precisavam se chacoalhar para se secarem ou se livrarem de outros componentes que os incomodavam. Mesmo após a extensiva domesticação dos cachorros, eles continuaram mantendo esse comportamento em sua natureza.

Quando se preocupar com os cães que se chacoalham?

Alguns cuidados devem ser tomados pelos tutores em relação ao fato de que os cachorros se chacoalham. Isso porque apesar de ser um comportamento natural, pode ser sinal de algum problema futuro. Por isso, observe os seguintes cuidados:

  • Certifique-se de secar bem seu cachorro após o banho: o chacoalhar pode não ser suficiente para secar completamente o cão, principalmente aqueles com pelagem mais comprida. Por isso, seque bem o animal após o banho. 
  • Mantenha os tratamentos antipulgas e carrapatos em dia: parasitas externos, como pulgas e carrapatos, podem fazer com que os cachorros se chacoalhem excessivamente, além de causar doenças mais graves.
  • Cuidado com o estresse e a ansiedade: cães ansiosos ou estressados podem se sacudir muito para aliviar a tensão e relaxar os músculos. Por isso, é importante manter o cachorro sempre em atividade física, para que gastem energia e fiquem relaxados. 
  • Verifique as orelhas: se o pet chacoalhar as orelhas com frequência é importante verificar se não há nenhum problema, como otite, ou algum parasita. 
  • Cuidado com o contato com alergênicos: ao conhecer alguma substância que causa alergia em seu cãozinho, é importante evitar contato com elas pois, além de fazer com que ele se chacoalhe muito, pode causar dermatites e outras doenças de pele.

Qualquer sinal de preocupação em relação ao ato de que os cachorros se chacoalham, é importante procurar um médico veterinário para que seja feito um diagnóstico adequado. Por trás de comportamentos excessivos, podem haver diversas doenças. 

Na dúvida, procure ajuda!

As consultas regulares ao médico veterinário devem ser mantidas independente de qualquer suspeita. Os cachorros se chacoalham e isso é natural, mas todo comportamento deve ser acompanhado com atenção para que o animal cresça saudável e feliz. Por isso, siga todas as recomendações e dê muito carinho ao seu cãozinho. 

« Older posts Newer posts »

© 2022 Cidan Dicas

Theme by Anders NorenUp ↑