Pensando em vender seu consórcio para comprar sua primeira casa? Para muitos compradores iniciantes, o processo pode ser tão confuso quanto emocionante.

Estar ciente de algumas das armadilhas mais comuns ajuda as coisas a correrem o mais suavemente possível, para que você possa minimizar seu estresse e potencialmente economizar algum dinheiro ao longo do caminho.

Por este motivo, a Consórcio na Web separou alguns dos erros mais comuns que os compradores iniciantes cometem:

1.      Comprar mais do que você pode pagar

Pode parecer óbvio, mas comprar uma casa fora do seu orçamento da sua cota de consórcio é um dos erros mais comuns para os compradores iniciantes.

Seja você apegado a uma casa além da faixa de preço, ou seja, aprovado para um financiamento maior do que você pode pagar, ser realista sobre o orçamento existente e as despesas futuras ajudarão a evitar o remorso de qualquer comprador.

2.      Não planejando com antecedência

Quando se trata de comprar uma casa, seja com a venda de uma cota de consórcio ou não, o planejamento antecipado compensa.

Em vez de se apressar em uma compra, vale a pena reservar um tempo para planejar e organizar suas finanças.

Isso pode incluir a espera de um ano ou dois a mais para economizar um adiantamento maior ou dedicar um tempo para melhorar sua pontuação de crédito para que você possa acessar uma melhor taxa de juros. Ser paciente com o processo de compra de casa pode ajudá-lo a economizar dinheiro a longo prazo.

3.      Tomar decisões baseadas exclusivamente em emoção

Vender meu consórcio para comprar sua primeira casa é um dos maiores compromissos financeiros que você fará.

Portanto, é uma boa ideia pensar na compra de casa como uma decisão de negócios, não apenas pessoal.

Por mais tentador que seja escolher uma casa com base apenas em uma lista de desejos, você pode acabar comprando uma casa que não é um bom investimento ou fazer lances muito altos apenas para vencer a concorrência.

É importante que a casa em que você se instala não apenas o faça feliz, mas também seja uma boa decisão financeira.

4.      Drenando suas economias

Embora muitas vezes seja ideal oferecer um adiantamento maior, você não deve esvaziar suas contas de poupança para que isso aconteça. Usar fundos de emergência ou economias de aposentadoria que você reservou pode parecer uma boa ideia no momento, mas pode custar a longo prazo.

Em particular, como as novas casas podem exigir reparos ou reformas inesperadas, a falta de dinheiro pode colocá-lo em uma posição ruim.

5.      Comprar antes de solicitar um financiamento

Olhar para casas em potencial é muito mais divertido do que resolver suas finanças. É comum que os compradores iniciantes iniciem a visualização das propriedades antes mesmo de terem uma ideia do que podem pagar.

Embora isso possa ser tentador, você pode se decepcionar se uma casa que você ama não acabar na sua faixa de preço.

Para evitar surpresas desagradáveis, a coisa mais inteligente a fazer é ter uma ideia do que você pode pagar antes de começar a fazer compras.

6.      Ignorando despesas extras

A compra de uma casa é mais do que apenas o pagamento da mesma. Assim como você planeja e orça sua compra e venda de cota de consórcio, você também deve se preparar para quaisquer despesas adicionais em que possa incorrer durante o processo de compra ou depois de comprar sua casa.

Familiarize-se com os custos médios de serviços públicos onde você mora e, dependendo de sua propriedade, quaisquer taxas de manutenção, taxas de condomínio ou outros custos associados.

Especialmente para compradores iniciantes, vender meu consórcio para comprar uma casa pode ser um processo estressante e imprevisível.

Planejando com antecedência e instruindo-se sobre algumas práticas recomendadas, você pode ajudar a torná-la uma experiência mais suave e evitar gastar mais do que o necessário.