Ser um microempreendedor tem muitas vantagens, mas quando chega o momento de fazer o pedido de empréstimos para MEI alguns desafios aparecem. Como é preciso comprovar a renda, e não possui uma renda fixa, conseguir a aprovação do crédito pode ser mais difícil do que parece. Por isso, existem tipos de empréstimo voltados 100% para quem é MEI, com o objetivo de facilitar essa aprovação.

O lado bom de um empréstimo pra MEI é que as taxas de juros são baixas, visto que são direcionados exclusivamente para microempreendedores. Mas, apesar dessa vantagem, é preciso comprovar que o dinheiro solicitado será investido na empresa.

Existem dois tipos de empréstimo para MEI disponíveis no mercado e conhecido e disponibilizados por instituições de confiança.

1.      Crédito

O mais conhecido e comum no mercado é o crédito, que a depender da empresa contratada, pode apresentar algumas vantagens para quem é MEI. Banco do Brasil, BNDES, Caixa Econômica e Banco do Nordeste são algumas empresas que oferecem esse serviço.

As taxas podem variar muito de uma instituição para outra, o que requer uma comparação minuciosa. É preciso levar em consideração a sua renda mensal para conseguir avaliar o melhor crédito disponível no mercado para você.

2.      Microcrédito

Outra maneira de conseguir empréstimo para MEI no mercado financeiro é o microcrédito. Diferente do crédito, ele oferece um valor menor, mas para compensar, a burocracia por trás do processo é muito menor e os juros apresentados são mais baixo.

Este tipo de empréstimo para MEI está disponível para empresários formais e informais.

 

Agora que você conhece as opções do mercado, compare as taxas de juros, benefícios e reputação das empresas que deseja contratar o serviço. Depois é só apresentar os documentos solicitados, assinar os papeis e esperar a aprovação do seu crédito.