Esses dois termos podem se confundir, a primeira vista. Entretanto, eles indicam conceitos muito diferentes entre si. Para entendermos um pouco mais, vamos explicar, em detalhes a que se referem psicanálise e psicoterapia e quais as diferenças entre as duas definições.

O que é Psicoterapia?

É o termo mais conhecido pelas pessoas, quando se referem a qualquer tratamento na linha de psicologia.

Psicoterapia é o método que a psicóloga utiliza em tratamento com seus pacientes, sendo que, ele possui diversas linhas como comportamental, psicanálise, fenomenológica, humanista, existencial, lacaniana, junguiana, cognitiva que são utilizadas para o tratamento durante o processo de construção e evolução com o profissional da área de psicologia.

Também, nesse processo é necessário que se crie um vínculo de confiança entre o paciente e o profissional, que chamamos de rapport, para que o paciente seja capaz de amadurecer, com as situações diversas por que passa.

O que é Psicanálise?

Como já dissemos, a psicanálise é uma das muitas abordagens da psicoterapia. De fato, uma das mais conhecidas, sendo, por vezes, entendida como sinônimo.

Sua linha é mais focada no inconsciente, ou seja, ela tratará a parte da psiquê, referente às lembranças que podem estar guardadas na mente do paciente, sem que este tome conhecimento disso.

Tais lembranças poderão desencadear reações que colocarão o paciente no lugar do terapeuta, para refletir sobre seus atos e ser capaz de responder suas próprias questões. A psicanálise é um processo de autorresponsabilização e não de responsabilização conjunta, como ocorre na psicoterapia.

Freud é o principal autor no campo da psicanálise. Em tratamento, ele descobriu que todo ser humano tem, consigo, uma importante necessidade de  proteção, seja ela por crenças ou pessoas, como sua referência de vida. 

Nessa referência, existe a troca (que na psicoterapia chamamos de rapport), que é chamada de transferência, e, através dela, o paciente é capaz de compreender sua condição de vida e seguir adiante. O principal símbolo que identifica essa abordagem é muito conhecido: o famoso divã.

Mutos creem que a psicanálise é mais rápida se comparada a outras abordagens. Entretanto, esta se prova a mais demorada de todas.

Isto por seu objeto de estudo ser o inconsciente. É preciso tempo para acessá-lo e trazê-lo à tona, para trabalhar essas situações a longo prazo e deixar o paciente mais capacitado a lidar com suas situações.

A psicanálise é rica em conteúdo, dentro da construção das sessões. Contudo leva-se anos para que se construa, de uma forma sólida, o vínculo entre paciente e psicanalista. É preciso que o terapeuta tenha, em vista, o tempo do paciente e, principalmente, paciência.

Além disso, é preciso que o paciente ter comprometimento, em relação a horários de sessão, seu crescimento e evolução.

Não existe cura através da psicanálise; assim como em todas as outras abordagens. E não é um método melhor que os outros, visto que todos têm  sua importância, de diferentes modos de tratar o paciente.

A psicanálise não serve para pacientes que buscam a cura definitiva ou rapidez no tratamento, como se estes fossem problemas triviais.

Desfeita essa dúvida entre esses dois termo, fica claro que a psicoterapia é o método psicológico, usado por profissionais da psicologia, para o tratamento dos pacientes e é assim que é, popularmente, conhecida.

Já a psicanálise, que também é um termo muito conhecido na sociedade, é um tipo de abordagem utilizada pela psicóloga, que visa abordar os assuntos com o paciente através de seu inconsciente.

O melhor a se fazer, na hora de buscar ajuda de um profissional na área de psicologia, é entender como se tratarão suas emoções, buscando a abordagem é mais adequada a você.

Lembramos que nenhuma lhe trará a cura ou respostas rápidas. Todas exigirão comprometimento com os horários das sessões, seu desenvolvimento e evolução durante o processo, para ser capaz de gerenciar suas situações, presentes e futuras, bem como suas atitudes diante delas.

Conteúdo oferecido por Graziele Melo – Psicóloga São Bernardo