chimarrao proibido

 

Descubra neste artigo o Porque da bebida mais famosa do Sul já foi proibida

 

Também conhecido como mate nos países que utilizam a língua castelhana, o chimarrão como é descrito No Brasil, é uma bebida típica do sul do país. Ela foi descoberta pelos espanhóis na época da colonização. Ao chegar ao Brasil, se depararam com o costume dos índios que viviam na região do estado do Paraná e parte do Paraguai.

Na época, eles preparavam a bebida amassando as folhas da erva e misturando-a com água quente e o ingeriam num pequeno pote com o auxilio de um canudo feito com os materiais disponíveis na natureza. Sendo assim, os amantes do chimarrão devem agradecer aos índios guaranis pela descoberta, pois eles originaram o tão famoso chá.

O que pouca gente sabe, é que apesar de hoje em dia o chimarrão ser típico dos estados do sul brasileiro, ele já chegou a ser proibido nesta região. Isso mesmo, em meados do século XVI, os padres adeptos do judaísmo adotaram o mate como “erva do diabo” dizendo que ela resultava alucinações em quem a consumia. Porém, com o passar do tempo, os missionários e jesuítas se deram conta que quanto menos chimarrão os índios tomassem, mais bebidas com teor alcoólico eles iriam ingerir.

Desta forma, se os índios estivessem bêbados, o trabalho realizado por eles não seria teria o desempenho desejado. Por isso, os padres da época liberaram novamente o uso da erva, e além de incentivar o seu consumo, passaram a ingeri-la também. Com o passar do tempo, a ideia de alucinógeno, foi substituída pela ideia de revigorante, já que as noites e madrugadas naquelas regiões eram bem frias e geladas.

E não parou por aí, os jesuítas transformaram o chimarrão e a erva mate em fonte de negócios bastante lucrativos. Eles a vendiam para diversas regiões, principalmente para exportações fora do país. A partir disso, os padres e os membros da religião, devido ao grande consumo, criaram novas técnicas mais elaboradas para colher a erva e pra cultiva-la de forma mais pratica. Contudo, estudos foram realizados ao longo do tempo e os benefícios do chá só aumentam, entre eles pode-se citar o poder estimulante, diurético que acaba facilitando na digestão, energia, etc.