Categoria: bebe

Colar ou pulseira de âmbar, qual escolher para o bebê?

Uma resina fossilizada de florestas de coníferas, o âmbar é uma pedra preciosa cuja aparência remonta a milhões de anos. A pedra âmbar é conhecida em todo o mundo por tratar ou prevenir várias doenças. Algumas civilizações antigas e medievais o usavam como um talismã protetor.

Hoje em dia, é um excelente remédio para o bebê aliviar a dor de dente. O âmbar infantil está disponível no mercado na forma de pulseira e colar. A questão que atualmente anima o debate é saber qual colar ou pulseira de ambar é a joia mais confortável e adequada para o seu bebê. Para melhor comparar essas duas joias, é bom primeiro identificar as virtudes do âmbar.

As virtudes do âmbar

Com o âmbar, pode ser usado para curar e prevenir várias infecções, distúrbios, doenças e patologias. Ao toque do corpo, o âmbar fluidifica a circulação sanguínea e promove o bem-estar. 

Também é conhecido por livrar o corpo de impurezas. Por meio do âmbar, os terapeutas de medicina natural conseguem tratar distúrbios respiratórios como asma, gripe, tosse e resfriado. 

Pode-se também curar a maioria das dores de garganta com âmbar. De fato, as propriedades virtuosas da pedra âmbar podem aliviar os indivíduos que sofrem de angina, faringite e laringite. O âmbar também possui propriedades terapêuticas que ajudam a acalmar indivíduos que sofrem de reumatismo.

A pedra âmbar é geralmente usada para os bebês, a fim de ajudá-los a se defenderem dos vários distúrbios relacionados aos seus dentes. A partir do 5º ou 6º mês, os recém-nascidos passam por uma fase agitada de crises composta por diferentes infecções e distúrbios físicos.

Vários depoimentos atestam a eficácia das virtudes do âmbar na criança durante a dentição. Usar âmbar para o seu filho está, portanto, ajudando-o a encontrar um certo bem-estar e a passar pelo delicado período da dentição sem muitos problemas. Melhor, o âmbar permite que a criança encontre um sono tranquilo graças à sua capacidade de melhorar o sono.

Esta pedra preciosa também estimula o sistema imunológico da criança cujo organismo se defende melhor contra patologias. Existem duas opções para usar esta pedra nos bebês: você pode colocar um colar de âmbar ou uma pulseira de âmbar nele. Para saber qual das duas joias é melhor, é preciso compará-las.

As vantagens e desvantagens do colar de âmbar

Colocar um colar de ambar para bebe evita que ele se divirta com suas pérolas. Uma vez que está preso ao pescoço do bebê, as possibilidades de removê-lo ou quebrá-lo são limitadas. Além disso, o colar possibilita atuar de forma eficaz na dor de dente, pois o âmbar está em uma posição estratégica próxima aos dentes.

No entanto, o colar tem suas desvantagens. Apresenta certos riscos de acidentes. Durante os movimentos do bebê, o colar pode se agarrar a um objeto e causar um estrangulamento potencialmente fatal.

As vantagens e desvantagens da pulseira de âmbar

A pulseira de âmbar do bebê geralmente é usada no pulso ou no tornozelo do bebê. É mais prático e não admite o risco de acidentes perigosos em caso de engate do fio da pulseira com um objeto.

No entanto, a pulseira de acordo com algumas mães não aliviaria efetivamente a dor de dente. Segundo eles, o âmbar seria mais eficaz no pescoço do que no pulso ou tornozelo. Além disso, o bebê pode se divertir facilmente com a pulseira que tem à mão. Ele pode assim destruí-lo e até engolir as pérolas. Esta última eventualidade pode causar-lhe sérios problemas.

No geral, quer escolha o colar ou a pulseira de âmbar para o seu bebé, não se esqueça de cercar a sua opção com todas as medidas de segurança para evitar possíveis incômodos.

5 cuidados que devemos ter com as roupinhas de bebê

Todo mundo sabe que um bebê exige muitos cuidados, a chegada do pequeno no lar é acompanhada de muita emoção e muitos preparativos, os novos papais estão ansiosos e querem fazer tudo certo.

Mas antes mesmo de sair para a maternidade é preciso saber que existem alguns cuidados com as roupas de bebês, isso porque na hora de montar a bolsa para o momento de ir para o hospital já é preciso ter alguns cuidados.

Por isso, separamos 5 cuidados que devemos ter com as roupinhas do pequeno. Quer saber quais são? Continue lendo este post.

1. Lave todas as peças antes do primeiro uso

Ao ir comprar as roupinhas de bebê você já pode perceber que a peça pode conter diversas bactérias e vírus, as roupas expostas são constantemente tocadas pelas pessoas, com mão sujas, às vezes cai no chão e muito mais.

Por isso, antes de vestir seu bebê, que quando recém-nascido possui uma imunidade muito baixa, é preciso lavar a roupa. Dessa forma, você evita que o bebê tenha contato com qualquer contaminante.

Além disso, sua pele é muito frágil e pode conter sujeiras e poeiras que não irão fazer nada bem para o pequenino. Assim, sempre que comprar ou ganhar uma roupinha nova lave ela bem.

2. Use os produtos certos para o bebê

Ao lavar a roupa do bebê é preciso ter alguns cuidados especiais, como já falado, a pele do bebê é muito sensível, nos primeiros meses a pele ainda está em formação, por isso é tão fina e frágil.

Assim, é preciso evitar alguns produtos, a maioria dos produtos químicos pode ser prejudicial para o pequeno, causando alergias, irritações e problemas de pele. Então, é preciso cuidar muito bem dos produtos usados.

O sabão de coco, por exemplo, ou o sabão neutro são ótimas opções para garantir a saúde da pele do pequeno, ambos são considerados produtos hipoalergênicos e ainda assim eficientes para a limpeza dos resíduos e sujeiras.

Além do sabão, outros produtos podem causar alergias também, como é o caso dos amaciantes e alvejantes, principalmente a água sanitária, por isso, o indicado é usar apenas o sabão.

Ao lavar as peças, seja um vestido para bebê ou qualquer outra peça, separe das roupas de adultos, opte por lavas apenas elas separadamente. Assim, você evita que a criança acabe adoecendo ou tendo contato com coisas que ela ainda não possui anticorpos.

3. Cuidado com as peças mais delicadas na hora de usar a máquina

É muito complicado para os pais de um recém nascido ter que lavar cada peça de roupa na mão, ainda mais por conta da quantidade que eles sujam, mas não se preocupe, é possível usar a máquina de lavar roupas.

No entanto, ao usar esse aparelho é preciso ter cuidado para não danificar nenhuma peça, por isso, use sempre o ciclo de lavagem mais rápido, assim você garante que a peça continue íntegra.

Além disso, opte por lavar as peças que possuem maior resistência, como macacões e casacos e bodies.

4. Lave as roupas em dias quentes

Outro cuidado que é preciso ter com as roupinhas é que elas precisam secar muito bem, ou seja, em dias de sol é mais fácil garantir que elas ficarão bem sequinhas, longe de qualquer umidade.

Isso porque a umidade gera um ambiente ideal para a proliferação de mofo, fungos e bactérias, assim, é preciso ter muito cuidado com as roupas do bebê, nem sempre o mofo aparece, e pode já estar em contato com a pele do bebê.

Isso pode ser prejudicial para a saúde do bebê, por isso, lave em um dia onde é possível secar ao sol, dessa forma a roupa irá secar mais rápido e você garante a segurança do seu pequeno.

5. É ideal passar as roupinhas

Para ajudar ainda mais a garantir a saúde do pequeno, é ideal passar as peças com o ferro, isso irá eliminar o resto das possíveis bactérias que restaram. 

Além disso, é a melhor forma de manter a organização do guarda-roupa do bebê, o que deixa tudo mais prático para os papais que terão trabalho o suficiente com o mais novo integrante da família.

Outra coisa que você pode fazer quando guardar as peças é mantê-las dentro de sacos plásticos, dessa maneira, você se certifica de que a peça estará limpa até o momento do uso.

Essas são as melhores dicas para cuidar, não só das roupas do bebê, como principalmente da saúde do pequeno, que é muito mais importante. Por isso, é preciso estar atento às dicas dadas.

Dessa forma, você irá ficar livre de preocupações e o bebê ficará livre de alergias e outros problemas na pele, que precisa de diversos cuidados nos primeiros meses de vida, assim você garante que ele esteja sempre saudável.

A Victória Augusto é a melhor loja para Roupinha de bebês baratas. Entre no nosso site e aproveite!

Como colocar um bebê para dormir

Como colocar um bebê para dormir – bebês recém-nascidos tendem a dormir muito enquanto seus corpos estão em processo de desenvolvimento, crescimento e se acostumando com o mundo exterior. Conforme seu bebê cresce, seus hábitos de sono mudam

No início, a maioria dos bebês experimenta um padrão de sono esporádico. Eles vão tirar vários cochilos durante o dia e acordar com frequência durante a noite. Isso é esperado para os primeiros meses.

Inicialmente, você pode descobrir que seu filho gosta de ficar acordado à noite. Quando seu bebê nasce, eles não têm noção do dia e da noite. As mamadas noturnas, fraldas molhadas e um cérebro superestimulado contribuem para isso.

 Ajudar seu bebê a adormecer facilmente ajudará você a evitar ficar cansado. Aqui estão algumas dicas que podem ajudar seu bebê a aprender a ter uma boa noite de sono.

Como colocar um bebê para dormir – Expert Dica 1, Minimize Eye Contact

Os bebês precisam começar a estabelecer padrões de sono para dormir durante a noite. Se você encontrar seu bebê acordado durante a noite, evite contato visual. 

O olhar prolongado pode ser estimulante para bebês. Seu bebê adora olhar para você. Eles ouviram sua voz desde antes de nascerem. Fazer contato visual pode deixar seu bebê muito excitado.

Como colocar um bebê para dormir – Expert Dica 2, Co-Sleeping

Alguns médicos não recomendam dormir com o seu pequeno, mas é compreensível que você queira manter seu pequeno pacote de alegria por perto à noite. Segundo a Clínica Mayo, dormir em segurança com seu bebê é difícil. 

Um bebê pode ficar preso entre as ripas da cabeceira, no espaço entre o colchão e a armação da cama, ou o espaço entre a cabeceira da cama e a parede. Deixar seu recém-nascido dormir em sua cama os coloca em risco de rolar sobre eles. 

Há também um risco aumentado de desenvolver Síndrome da Morte Súbita Infantil. Especialistas recomendam colocar seu bebê em um berço ou berço ao lado de sua cama de fácil acesso. Além disso, não guarde cobertores, bichos de pelúcia ou berços no berço ou berço.

Como colocar um bebê para dormir – Expert Dica 3, criar um horário de sono

Você quer saber como dormir um bebê? Ensine seu bebê a conseguir dormir sem se preocupar em introduzir uma rotina de dormir. Em um momento específico, reduza a estimulação do bebê diminuindo as luzes e reduzindo o ruído.

 Você também pode incluir uma atividade que os bebês amam, como balançar para dormir à noite. Com o tempo, o seu bebé associará esta rotina à tranquilidade e adormecerá à mesma hora todas as noites.

Como colocar um bebê para dormir – Expert Dica 4, encorajar o auto-calmante

Bebês recém-nascidos passam muito tempo chorando. Chorar é como seu bebê se comunica. Depois que seu filho tiver um par de meses de idade, incentive técnicas auto apaziguadoras.

 Alguns especialistas sugerem que os pais não corram para a cama de seus filhos quando começam a chorar durante a noite. Se eles não estão com fome ou não estão precisando de uma troca de fralda, tente deixá-los encontrar o polegar para sugar.

Como colocar um bebê para dormir – Expert Dica 5, colocar o bebê no berço quando sonolento

Em vez de colocar seu bebê dormindo no berço, coloque-o na cama enquanto ainda estão acordados, mas bocejando. 

Muitos bebês aprendem a associar seu berço ao sono. Coloque seu bebê no berço ou na cama antes de dormir e quando for a hora de tirar uma soneca.

© 2022 Cidan Dicas

Theme by Anders NorenUp ↑