Encontrar o coworking que melhor se adapta a você pode se tornar uma tarefa complicada. As milhares de opções disponíveis e os novos espaços que se abrem todos os dias tornam necessário estreitar a procura, filtrando os centros de acordo com características como preço ou localização.

Aqui estão algumas dicas práticas para escolher o coworking que melhor se adapta às suas necessidades.

Visite: Sala de Reuniões Ribeirão Preto

A visita de reconhecimento. Antes de optar por um ou outro espaço, você deve fazer passeios gratuitos em cada um deles. Isso permitirá que você conheça as instalações e o ambiente do centro. É importante que faça várias visitas em dias diferentes para poder saber como está o ambiente nos dias de maior movimento ou mais baixos.

Quase todos os espaços de trabalho colaborativos têm passes de um dia, alguns deles até permitem que você experimente sem nenhum custo. Dessa forma, você pode ter certeza de que é o lugar certo para você antes de tomar uma decisão final.

A localização. Tempo é dinheiro, então tente manter seu coworking perto de casa ou facilmente acessível. Além disso, a localização pode ser uma vantagem para o seu projeto. Estar em uma boa vizinhança pode impressionar seus clientes e investidores.

Ao escolher a localização do seu coworking, você também deve levar em consideração a essência do seu projeto. Assim, se sua startup possui um espírito ecologicamente correto, localizar-se em um prédio que respeite o meio ambiente ou próximo a áreas verdes reforçará sua imagem.

O preço. Quanto você está disposto a pagar por mês é essencial ao escolher um espaço de trabalho.

Dependendo de quais são seus objetivos e suas necessidades, você terá uma gama de possibilidades em aberto ou outra. Se o mais importante para você é economizar nas despesas e você não liga para os serviços ou comodidades que ela oferece, a escolha não demorará muito. Mas se, ao contrário, você vê o coworking como parte de sua estratégia e como um investimento, a prioridade não deve ser tanto o preço, mas os valores agregados que o espaço de trabalho traz para o seu projeto.

Os tipos de taxa e contrato. Você deve saber quais são os planos de preços disponíveis e se eles possuem um contrato de permanência. Se você é um colega de trabalho que sabe que sua estadia na cidade é limitada, precisará de uma ‘mesa flexível’, ou seja, um local de trabalho flexível que lhe dê liberdade de movimento. Porém, se você tem certeza de que vai se estabelecer na cidade, um ponto fixo de trabalho dentro do coworking vai te dar mais segurança e mais estabilidade no seu dia a dia.

Flexibilidade de tempo. Além dos tipos de tarifas, você deverá levar em consideração os horários. Assim, se você é um daqueles que trabalha à noite, por estar em um horário diferente do de seus clientes ou colegas, melhor opte por um coworking que lhe dê a possibilidade de trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O tipo de colegas de trabalho. Antes de escolher qual será o seu espaço de trabalho, você deve conversar com os colegas de trabalho para criar uma imagem geral do ambiente de trabalho que existe. Pergunte a eles sobre qualquer coisa que seja importante para você. Certifique-se de que a maneira de trabalhar deles se adapta a você e ao seu projeto.

As oportunidades. Para que sua startup cresça, você deve escolher o coworking olhando para o futuro e as possibilidades que ele pode lhe trazer. Pode ser que um espaço de trabalho que parece a opção perfeita hoje, não seja no futuro. Pense a longo prazo e escolha aquele que lhe oferece mais oportunidades de crescimento. A variedade de serviços, como por exemplo o de endereço fiscal, poderão contribuir para sua empresa no futuro.

A fase de sua inicialização. Leve em consideração onde seu projeto está e para onde quer chegar. Se o seu startup está em fase de desenvolvimento, você terá que procurar, por exemplo, um coworking que ofereça um serviço de mentoria. Se, por outro lado, você já tem um projeto maduro, um coworking que lhe ofereça treinamento nas áreas de promoção e comunicação pode ser uma boa opção.

O essencial é encontrar um espaço de trabalho que se adapte às necessidades atuais da sua empresa, mas também às futuras.

Os eventos e atividades. O treinamento e o crescimento pessoal são essenciais para o desenvolvimento de um projeto. Participar de um workshop de técnicas de expressão ou de uma aula de ioga pode tornar nosso dia de trabalho mais produtivo. Manter nossas mentes focadas ao longo do dia no trabalho pode sair pela culatra.

Além disso, todos esses eventos o ajudarão a conhecer outros membros da comunidade e a criar laços de trabalho que podem ajudá-lo em seu projeto. Networking é a chave do sucesso para os colegas de trabalho!

O equipamento. Além do meio ambiente, é muito importante encontrar um coworking que tenha os equipamentos necessários para desenvolver seu projeto. Você deve criar uma lista com tudo o que você precisa para poder desenvolver sua jornada de trabalho com conforto. Internet de alta velocidade? Sala de reuniões? Projetor? Cozinha? Tudo o que você acha que o tornará mais produtivo deve estar em sua lista.

Não subestime os pequenos detalhes, a eficiência do trabalho pode depender de ter uma academia por perto ou um café na própria área de trabalho.

Visite beeworkrp.com.br